PELE DE DEUSA NÃO TEM IDADE

Pele de deusa: aos 20 anos

A produção de colágeno e elastina está em alta, o que deixa a pele macia, firme e lisinha. Entretanto, os cuidados com o rosto hoje vão garantir o visual jovem lá na frente


Se antes a rotina de limpeza, tonificação e hidratação era o suficiente, agora os dermatologistas areditam que os cuidados com o envelhecimento precoce devem começar a partir dos 20 anos. Desde cedo, a exposição solar deve ser cautelosa e o uso do filtro solar obrigatório, pois, apesar de não ser visível na pele, já ocorre alteração do DNA causada pelos raios solares, levando a consequências como rugas e manchas mais tarde", alerta a dermatologista Carolina Ferolla, de São Paulo. Além do sol, principal vilão, a má alimentação e a poluição são gatilhos para aumentar a quantidade de radicais livres no organismo. "Por isso, recomendamos os ativos antioxidantes, como a vitamina C, o coffeeberry, o feverfew, entre outros", fala Adilson Costa, dermatologista de São Paulo. A região ao redor dos olhos já deve receber um cuidado específico, porque a pele dessa área é muito fina e delicada.

Hidratação livre de óleo

O período da alteração hormonal típico da adolescência, que causa acne e oleosidade excessiva, já passou, mas algumas mulheres ainda podem sofrer com o problema. "Justamente por isso, a hidratação deve ser leve para não obstruir os poros nem causar cravos e espinhas", diz Adilson Costa. Opte por produtos com toque seco e textura em gel, gel-creme, loção fluida ou soro. Também vale a pena procurar por cosméticos à base de ácido salicílico, ativo que faz uma esfoliação suave, controlando a oleosidade.

Aposte no peeling

Quem abusou do sol já pode ter a pele marcada por manchas ou linhas finas até mesmo na fase dos 20 (principalmente as branquinhas). "Nesse caso, a necessidade de cada mulher é mais importante do que idade", fala Sérgio Talarico Filho, dermatologista de São Paulo. Se for o seu perfil, vale recorrer
a um peeling de cristal ou à base de ácidos em concentrações mais baixas. "Costumo indicar os alfa-hidroxiácidos, como o ácido glicólico, salicílico e o lactobiônico, substâncias que fazem uma renovação celular sem descamar nem agredir a pele", sugere Ana Paula Meski, dermatologista de São Paulo. De quebra, esses ativos combatem cravos e espinhas e reduzem o excesso de óleo no rosto.


Pele de deusa: aos 30 anos

Nessa fase, as pequenas marcas se aprofundam, as manchas (lembra daquele dia de praia sem proteção? Então...) ficam visíveis e a pele se torna mais opaca. Hora de assumir a responsabilidade e virar o jogo!

"Qualquer descuido nesse período passa a ser um crime para a pele. É preciso evitar os danos agora e não tentar revertê-los mais tarde!", avisa Carolina Ferolla. Por isso, na sua lista de compras, mantenha os produtos de limpeza (dormir com maquiagem nem pensar!) e o protetor solar de uso diário (FPS acima de 30 sempre, se quiser com cor de base, para facilitar a vida). O hidratante, além de ativos antioxidantes, pode conter ácido hialurônico, retinol e peptídeos, que melhoram o viço, renovam as células e estimulam a produção de colágeno, respectivamente. "Só prevenção não basta. Os tratamentos devem virar rotina", sugere Adilson Costa. O melasma, mancha comum nessa idade, principalmente em mulheres que já ficaram grávidas, deve ser combatido com cremes respigmentantes à base de hidroquinona, ácido retinoico e kójico.

Pele linda de dentro para fora

Os nutricosméticos, cápsulas ricas em nutrientes que melhoram a qualidade da pele de forma sistêmica, já se consagraram entre os dermatologistas. "Nenhuma paciente minha sai sem uma receita de pílula do consultório", comenta Adriana Vilarinho, dermatologista de São Paulo. Elas devem ser usadas como coadjuvantes dos cosméticos e do estilo de vida saudável (comer direito, fazer exercícios e não fumar). Aos 30, o foco das cápsulas de beleza é proteger o DNA da pele contra os raios solares e evitar a degradação do colágeno. Estudos comprovam a eficiência do ácido elágico, oriundo do extrato de romã, para prevenir e atenuar manchas, do betacaroteno, para garantir um bronzeado seguro, e dos lactobacilos, para aumentar a imunidade da pele.

Tratamento 3D

Uma prática que já foi muito criticada entre os dermatologistas virou consenso. Estamos falando do uso da toxina botulínica e do preenchimento à base de ácido hialurônico para essa faixa etária. "Hoje nós sabemos que essas duas substâncias também agem de forma preventiva. A toxina, que paralisa o músculo, evita que a ruga se aprofunde e as injeções de ácido hialurônico aumentam a produção de colágeno a médio prazo", explica Ana Paula Meski. Os dois tratamentos vão combater as rugas dinâmicas - pés de galinha e linhas na testa - e as estáticas, como o bigode chinês. Para suavizar manchas de sol e uniformizar o tom de pele, entra na jogada a luz intensa pulsada, um tipo de laser superficial. Em conjunto, os três - se usados com indicação e moderação - vão deixar o visual jovem por muito tempo.

Pele de deusa: 40 anos

Além de rugas e manchas, a flacidez no rosto pode roubara juventude da sua pele. Boa notícia: cremes, cápsulas e tratamentos vão afastar o problema por mais alguns anos


Com o metabolismo em desaceleração, típico dessa fase pré-menopausa, a produção de colágeno e elastina entra em queda abrupta. "Além de rugas com maior profundidade, a flacidez pode se instalar, especialmente na região da mandíbula e do pescoço, o que envelhece a fisionomia", exemplifica Adilson Costa. Além da falta de firmeza, a hidratação natural da pele nessa fase não é mais tão eficiente, ela passa a ficar ressecada e sem brilho. Aposte em cosméticos mais emolientes - se você ainda se queixa de oleosidade, deixe essa tarefa para o creme noturno - que contenham ativos firmadores, como DMAE, tensine, raffermine e argireline na fórmula. Eles agem em duas frentes: dão um efeito tensor imediato e estimulam a síntese de colágeno a médio prazo. Mantenha a alimentação equilibrada e inclua cápsulas de beleza ricas em complexo biomarinho, licopeno e colágeno hidrolisado.

Eles também merecem atenção

Estamos falando do colo, das mãos e do pescoço. Os dois primeiros tendem a ficar muito expostos e sofrem com a ação dos raios ultravioleta. Resultado: manchas. A pele do pescoço, fina e delicada, começa a perder a elasticidade - e vale avisar que é uma região de difícil tratamento. Cuide deles com carinho! Aproveite que já vai espalhar o filtro solar, o hidratante diurno e o creme noturno no rosto e estenda o cuidado, disciplinadamente, a essas áreas críticas.

Calor antiflacidez

Dois tipos de tecnologia são indicados para tratar a flacidez do rosto e do pescoço: a radiofrequência e os raios infravermelhos. Eles agem de forma parecida: por meio de calor, contraem as fibras de colágeno e elastina, aumentando a firmeza. No longo prazo, também estimulam a produção de colágeno, "preenchendo" rugas de dentro para fora. Procure pelos equipamentos Titan, Nir e Thermacool, sempre com a indicação e o acompanhamento médico.

Pele de deusa: + 50 anos

Com os cuidados ao longo das décadas passadas, a mulher de 50 é a nova de 40! Mas nada de relaxar: cosméticos ultrapoderosos e tratamentos mais profundos ajudama recuperar o volume nas maçãs do rosto, a definiçãodo maxilar, o tom uniforme e a firmeza da pele

Se até pouco tempo atrás, a única saída nessa idade era fazer uma cirurgia que dava um efeito lifting no rosto (e, muitas vezes, deixava o resultado artificial), hoje em dia existem inúmeros recursos menos invasivos que prorrogam a plástica. “A mulher de 50 anos ainda está ativa, inclusive no mercado de trabalho. Logo, a indústria cosmética está pesquisando inúmeras opções para responder a essa demanda”, conta Flávia Addor, dermatologista de São Paulo. Assim, os cremes ganham tecnologia de conta com substâncias que agem diretamente no DNA das células, seguindo a teoria de reparação das células-tronco. Além disso, os cosméticos também contêm substâncias que agem na gordura facial, repondo o volume das maçãs do rosto, e definem o contorno do maxilar, garantindo um aspecto rejuvenescido.

Laser poderoso sem sofrimento

O atual queridinho da dermatologia tem o nome de laser de CO2 fracionado. Ele promete tratar manchas, rugas e flacidez em poucas sessões (geralmente três) e não provoca efeitos colaterais tão severos como os antigos procedimentos (o próprio laser de CO2 ablativo e o peeling de fenol, por exemplo). Por causa do feixe de luz fracionado, preserva micropontos da pele, o que faz com que a regeneração desse tecido seja mais rápida. Active FX e Dual Deep são dois equipamentos com essa tecnologia.

Jovem na  medida certa

Com tantas opções para manter a juventude, é fácil exagerar na dose e perder o equilíbrio. Muitas celebridades, lindíssimas aos 30 ou 40, erraram a mão e apareceram na mídia com a expressão congelada, a boca inflada, os olhos levantados demais... uma caricatura delas mesmas! O tratamento bemsucedido é aquele que garante um ar jovem ao rosto, mas não denuncia exatamente o que foi feito – as pessoas vão apenas reparar que você está descansada! A intenção não é parecer que tem 18 anos, e sim estar no seu melhor aos 50.

Fonte:http://boaforma.abril.com.br/

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

DIETA DETOX PARA MELHORAR MUITO PELE E CABELOS