Pular para o conteúdo principal

HIDRATAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA


Fazer a reposição da água que o organismo durante os exercícios é um cuidado muito importante para o corpo pois ela é um nutriente vital para o organismo humano. Sem água , a morte ocorre em poucos dias.  água tem inúmeras funções no organismo, dentre elas o transporte de nutrientes e gases importantes para o metabolismo corporal.


A água constitui de 40 a 70% da massa corporal, dependendo da idade , sexo e composição corporal; representa cerca de 65 a 75% do peso do músculo e aproximadamente 10% da massa de gordura.
O organismo humano contém dois locais específicos de armazenamento e utilização de água. Destes dois locais, um refere-se ao líquido que localiza-se dentro das células , o líquido intracelular e o outro, o extracelular, inclui o líquido que flui dentro de espaços intersticiais (espaços entre as células), a linfa, o líquido existente nos órgãos , a saliva, o líquido que banha os nervos raquidianos, o líquido excretado pelas glândulas e pela digestão e o líquido excretado pela pele e pelos rins.

A ingestão de água se dá por basicamente três fontes : os alimentos, os líquidos e a água metabólica. Para adulto em condições de sedentarismo e em ambiente termicamente estável, a necessidade diária de água é aproximadamente 2,5 litros porém, para um indivíduo adulto ativo em um ambiente quente e úmido , a necessidade de água aumenta bastante, chegando a alcançar de 5 a 10 litros diários. Em relação à excreção, observa-se a eliminação de água por meio da urina, da pele , por meio do vapor de água e pelas fezes.
Estudos afirmam também que o exercício físico realizado em clima quente aumenta a necesidade de água por parte do corpo. Condições extremas e exageradas de esforço físico podem aumentar em cinco ou até seis vezes as necessidades hídricas a partir das demandas consideradas normais.


Durante a prática esportiva é preciso haver um equilíbrio em relação à água ingerida. A transpiração intensa associada com o consumo de grandes quantidades de água no momento da atividade física prolongada pode ser uma combinação perigosa que tem a capacidade de promover a Hiponatremia ou a intoxicação pela água. Essa condição está relacionada a uma redução significativa na concentração de sódio no organismo.

Para reduzir os riscos da hiponatremia ou da superhidratação recomenda-se algumas etapas para a ingestão de líquidos na atividade física:
  1. Beber 400 a 600 mL de líquido 2 a 3 horas antes do exercício;
  2. Beber 150 a 300 mL de líquido cerca de 30 minutos antes;
  3. Beber no máximo 1000 mL por hora de água potável ao longo de intervalos de 15 minutos durante ou após o exercício. 





Por Marcela Facundes de Novais

Referências:

Livro : Fisiologia do exercício - Energia, Nutrição e Desempenho Humano. William D. McArdle, Frank I. Katch e Victor L. Katch - 6 ed. Guanabara Koogan- 2008.

http://gotagua.blogspot.com.br/2011_07_01_archive.html
http://www.medicinanet.com.br/conteudos/revisoes/101/hiponatremia.htm
google images
 
Fonte:http://treinonutricional.blogspot.com.br/2012/05/

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

A luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - proporciona um efeito fotoprotetor contra a radiação solar e artificial, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da peleFoto: Shutterstock
Luteína combate manchas e fotoenvelhecimento da pele
Estudos já comprovaram que a luz emitida por computadores, televisores e lâmpadas fluorescentes pode causar manchas na pele, assim como os raios ultravioleta (UVA e UVB). Mas, o que pouca gente sabe é que a luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - pode proporcionar um efeito fotoprotetor contra todas essas radiações, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da pele. Os benefícios desse ativo para a cútis começaram a ser valorizados há cerca de cinco anos quando a revista científica americana Skin Pharmacology and Physiology divulgou um estudo que apontou a luteína como uma poderosa arma antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo, causad…

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

UC-II COLAGENO NÃO DESNATURADO DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos. Descrição O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartil…

PROCAÍNA,A SENSAÇÃO CONTRA VELHICE

Um novo tratamento contra o envelhecimento está se tornando uma sensação no Brasil. Embora sua aplicação com essa finalidade não seja tão recente, a procaína benzóica estabilizada ganhou força na mídia, e hoje já é utilizada principalmente pelas classes sociais mais abastadas. Além de retardar o envelhecimento, o GH3, nome comercial da procaína, promete equilíbrio nos sistemas corporais, melhora na circulação sangüínea e combate à depressão. O geriatra e ortomolecular Eduardo Gomes e Azevedo trabalha com o GH3 há 27 anos, sendo inclusive usuário do medicamento. Ele alertou que o medicamento não faz milagres, apenas tem eficácia se utilizado num tratamento multidisciplinar. Azevedo contou que, no GH3, a procaína é somada ao metabissulfito de potássio, fosfato bissódico e ácido benzóico, diferente da procaína utilizada como anestésico. "Quando no organismo, a procaína benzóica se metaboliza, transformando-se no ácido para-amino-benzóico e no dietil-etanol-amino. Esses elementos são …