Pular para o conteúdo principal

QUATRO CAUSAS DA CELULITE E A MELHOR FORMA DE TRATAR

 

    
A celulite atinge 85% das mulheres
Foto: Getty Images


Quatro causas da celulite e a melhor forma de tratar os furinhos

Acredite, é possível minimizar a celulite até o verão! Siga as recomendações de especialistas no assunto, invista em bons cremes e prepare-se para ficar linda de biquíni



Celulite é um problema que atinge a maioria das mulheres - cerca de 85% delas convivem com esses furinhos chatos. Mas existe uma maneira prática de combater esse incômodo: os cremes. Outra solução, segundo Gabriela Casabona, dermatologista do Hospital Samaritano, é analisar os motivos que causam a celulite. Confira as dicas e tome uma atitude já!

Você tem celulite por razões...

Genéticas: Observe a família. Se sua mãe ou sua avó têm celulite, suas chances de ter também são grandes.
Hormonais: Tomar anticoncepcional ou fazer reposição hormonal com estrogênio e progesterona piora a retenção de líquidos, provocando o inchaço. Se puder, procure outros tipos de tratamento.
De má circulação: O sangue deixa as toxinas e gorduras do corpo presas às células. Evite ficar na mesma posição por muito tempo.
De má alimentação e falta de exercícios: O sedentarismo faz com que a gordura localizada se acumule e a celulite apareça. Mexa-se!

Qual é o grau da sua?

Grau 1: Você só vê se apertar a pele.
Grau 2: Tem poucos furinhos.
Grau 3: A celulite é mais visível e mais profunda.
Grau 4: Muita celulite à mostra. Às vezes, a pele dói ou aparecem caroços.

Trate os furinhos já!

Primeiro, descubra o motivo pelo qual você tem celulite. Se for um fator genético, não tem jeito. Porém, você pode controlar a alimentação, fazer exercícios físicos regulares e aplicar cremes anticelulite duas vezes ao dia. A especialista Gabriela Casabona garante que, ao seguir todas essas recomendações, é possível notar uma melhora em até três meses. Dá tempo de ficar bonita até o verão!

O jeito certo de passar cremes anticelulite

1. Antes de aplicar o creme, massageie o local com uma escova de banho grande de cerdas macias fazendo movimentos circulares.
2. Passe o creme na região com celulite e espalhe bem.
3. Com as mãos, faça movimentos firmes de baixo para cima. Isso deixa a região quente e ajuda na absorção do produto.
4. Repita a aplicação duas vezes ao dia. Você vai ver que dá resultado!

Sugestão de produtos

Fotos: Divulgação
1. Gel Creme Anti Celulite, Mahogany, R$ 75*
2. Intensive Cellulite, Jafra, R$ 129*
3. Coffee Sculptor, Germaine, R$ 167*
4. Creme de Massagem Cafeína D’água Natural, Tonicha, R$ 43,95*

Fotos: Divulgação
5. Cellu Destock, Vichy, R$ 119,90*
6. Gel Redutor, Bioclean, R$ 24*
7. Corpo Bio Redutor, Natura, R$ 94,30*
8. Creme Preventivo, Schraiber, R$ 24*

Fotos: Divulgação
9. Pack, Innéov, R$ 116,90*
10. Cellu Lipo, Nutricé, R$ 99*

*Preços pesquisados em outubro/2012

Fonte:http://mdemulher.abril.com.br/beleza/reportagem/pele/quatro-causas-celulite-melhor-forma-tratar-furinhos-709024.shtml?

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

A luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - proporciona um efeito fotoprotetor contra a radiação solar e artificial, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da peleFoto: Shutterstock
Luteína combate manchas e fotoenvelhecimento da pele
Estudos já comprovaram que a luz emitida por computadores, televisores e lâmpadas fluorescentes pode causar manchas na pele, assim como os raios ultravioleta (UVA e UVB). Mas, o que pouca gente sabe é que a luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - pode proporcionar um efeito fotoprotetor contra todas essas radiações, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da pele. Os benefícios desse ativo para a cútis começaram a ser valorizados há cerca de cinco anos quando a revista científica americana Skin Pharmacology and Physiology divulgou um estudo que apontou a luteína como uma poderosa arma antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo, causad…

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

UC-II COLAGENO NÃO DESNATURADO DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos. Descrição O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartil…

PROCAÍNA,A SENSAÇÃO CONTRA VELHICE

Um novo tratamento contra o envelhecimento está se tornando uma sensação no Brasil. Embora sua aplicação com essa finalidade não seja tão recente, a procaína benzóica estabilizada ganhou força na mídia, e hoje já é utilizada principalmente pelas classes sociais mais abastadas. Além de retardar o envelhecimento, o GH3, nome comercial da procaína, promete equilíbrio nos sistemas corporais, melhora na circulação sangüínea e combate à depressão. O geriatra e ortomolecular Eduardo Gomes e Azevedo trabalha com o GH3 há 27 anos, sendo inclusive usuário do medicamento. Ele alertou que o medicamento não faz milagres, apenas tem eficácia se utilizado num tratamento multidisciplinar. Azevedo contou que, no GH3, a procaína é somada ao metabissulfito de potássio, fosfato bissódico e ácido benzóico, diferente da procaína utilizada como anestésico. "Quando no organismo, a procaína benzóica se metaboliza, transformando-se no ácido para-amino-benzóico e no dietil-etanol-amino. Esses elementos são …