ENCONTRE O CUIDADO CERTO PARA CADA TIPO DE OLHEIRA

NÃO É SÓ DE SONO QUE SE FAZ UMA OLHEIRA (Foto: Thinkstock)

Dormir mal é, sim, um dos motivos responsáveis pelas terríveis olheiras, mas não o único. Segundo especialistas ouvidos pela reportagem da Marie Claire espanhola, são quatro os principais causadores.

Encontre o cuidado certo para cada tipo de olheira (Sim, são vários!)

Ao contrário do que muita gente pensa, as olheiras não são apenas resultado de uma noite mal dormida. Existem motivos genéticos e, inclusive, nutricionais por trás desse incômodo



GENÉTICA
Pessoas que tenham histórico familiar apresentam maior predisposição para o aparecimento das olheiras.

ETNIA
Descendentes de árabes, judeus, turcos e hindus possuem um maior número de vasinhos abaixo dos olhos e uma pele mais fina na região. Por isso, costumam apresentar olheira com mais frequência.

IDADE
Com o passar do tempo, a pele perde a elasticidade e a espessura. Uma pele fina faz com que os vasos sanguíneos, por sua vez mais dilatados, fiquem evidentes.

DOENÇA
Alergia, conjuntivite e eczemas estimulam a fricção dos olhos, que podem irritar a pele sensível da região, causando acúmulo de sangue nas veias que por ali passam. Resultado: escurecimento.

Por isso, para cada tipo de olheira, é aconselhado um tratamento específico.

OLHEIRAS POR PERDA DE ELASTICIDADE E FLACIDEZ
Elas costumam aparecer a medida que o tempo passa. Neste caso, mesoterapia, hidratante com ácido hialurônico, silício e aminoácido, assim como radiofrequência, peeling ou laser são indicados.

OLHEIRAS RESSALTADAS
Oriundas da ocorrência de sulcos na região e do deslocamento de células de gordura, elas podem ser tratadas com aplicação de ácido hialurônico, que elimina o aspecto de cansaço do rosto.

OLHEIRAS DE HIPERPIGMENTAÇÃO

O melhor tratamento para este tipo é a prevenção através da proteção solar. De qualquer maneira, elas podem também ser amenizadas com peeling e cremes despigmentantes.

OLHEIRAS POR PROBLEMAS CIRCULATÓRIOS
Este tipo de olheira costuma ser roxa ou azulada e se tornam mais evidentes ao longo dos anos, devido à perda de espessura da cútis. Podem ser tratadas com cremes de vitamina K e drenagens.

OLHEIRAS TEMPORÁRIAS
Como o próprio nome sugere, elas aparecem de maneira pontual, devido à falta de sono ou alguma patologia específica. Normalmente, costumam desaparecer sozinhas, mas podem ser suavizadas com passagem e compressas frias.

PARA PREVENIR A APARIÇÃO
1. Hidrate-se de dentro para fora. É fundamental beber de 1,5 a 2 litros de água por dia.
2. Não se esqueça do protetor solar, nem mesmo em dias nublados.
3. Lembre-se do descanso reparador de, no mínimo, oito horas diárias.


Fonte:http://revistamarieclaire.globo.com/Beleza/noticia/2014/12/encontre-o-cuidado-certo-para-cada-tipo-de-olheira-sim-sao-varios.html

NÃO É SÓ DE SONO QUE SE FAZ UMA OLHEIRA (Foto: Thinkstock)

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

DIETA DETOX PARA MELHORAR MUITO PELE E CABELOS