O QUE A INDUSTRIA MÉDICA NÃO ESTÁ DIZENDO PARA VOCÊ SOBRE O CÂNCER

O que a indústria médica NÃO está dizendo para Você sobre o Câncer

O que a indústria médica NÃO está dizendo para Você sobre o Câncer

Tratamento Alternativo de Câncer.
O termo “alternativo” geralmente vem com muita especulação e conotação. Mas um dos equívocos mais comuns sobretratamentos alternativos de câncer é que eles não se baseiam em qualquer ciência real.
No entanto, muitos ficariam chocados ao descobrir que isso não é verdade, e que muitos tratamentos alternativos têm mais pesquisas por trás deles do que os métodos convencionais.
Tanya Harter Pierce, MA MFCC, revela em seu artigo, Why Alternative Cancer Treatments Are So Effective(Porque os Tratamentos Alternativos de Câncer São Tão Eficazes), “que existem vários princípios científicos bem estabelecidos em vários tratamentos alternativos de câncer, e estes têm sido demonstrados em testes científicos, bem como comprovados por inúmeras curas de câncer em pacientes que utilizam esses tratamentos alternativos.
A grande maioria do público não sabe que muitos tratamentos alternativos de câncer foram desenvolvidos por médicos ou cientistas altamente respeitados (incluindo microbiologistas, químicos, físicos).
Em seu livro, Outsmart Your Cancer, Pierce afirma características comuns cientificamente comprovados de todas as células cancerosas, e revela que qualquer um pode fazer o seu câncer ‘ir embora’ se eles entendem como funciona o câncer e direcionam essas características.
Para resumir, vamos mostrar duas características importantes das células cancerosas que devem ser compreendidos para erradicar ambientes cancerígenos em seu corpo.

O Princípio Trofoblastos

Em 1902, embriologista escocês, Dr. John Beard, observou que as células cancerosas são praticamente indistinguíveis das células pré-embrionárias conhecidos como trofoblastos.
Nos primeiros cinco dias após a fertilização, as células embrionárias humanas se diferenciam em dois grupos;embrioblastos, e os trofoblastos. A primeira função dos trofoblastos são as células que formam o cordão umbilical e da placenta durante o início da gravidez. Um dos atributos únicos de células trofoblásticas é sua capacidade de crescer rapidamente e sua capacidade de “esconder” do sistema imunológico da mãe. Isto é necessário para que o corpo da mãe não interferira no desenvolvimento da placenta e do cordão umbilical.
Curiosamente, a maneira que as células trofoblásticas escondem-se do sistema imunológico da mãe é o mesmo mecanismo, segundo observações de Beard, que as células cancerosas usam para se esconder do nosso sistema imunológico quando temos câncer.
industria_do_cancer_7
Dr. Beard descobriu que ambas as células trofoblásticas e células cancerosas se escondem do sistema imunológico através da produção de um revestimento de proteína protetora em torno de si que transporta uma carga eletrostática negativa. Em outras palavras, cada uma das células de trofoblasto do início da gravidez e cada célula maligna de qualquer tipo de cancro é rodeada por um revestimento de proteína com uma carga electrostática negativa.
O interessante é que todas as células brancas do sangue em nossos corpos, que são, naturalmente, um componente chave do nosso sistema imunológico, também são carregadas negativamente. Eles são, portanto,eletroestaticamente repelida por células trofoblásticas do início da gravidez, bem como por células cancerosas. Isto é semelhante à forma como o lado negativo de um ímã repele o lado negativo de outro ímã.
Uma vez que todas as células cancerosas malignas têm um revestimento de proteína que é carregada negativamente, e as células brancas do sangue do nosso sistema imunitário também transportam uma carga negativa, as células cancerígenas são capazes de repelir electrostaticamente as células brancas do sangue e continuam não sendo atacadas. Este é um princípio científico ignorado pela medicina convencional do câncer.
Assim, se uma pessoa pode de alguma forma se livrar da camada de proteína em torno de suas células de câncer, então as células cancerosas serão muito mais vulneráveis a ataques do próprio sistema imunológico da pessoa.
Dr. Beard também descobriu que um órgão chave envolvido em parar o crescimento descontrolado de célulastrofoblásticas e câncer é o pâncreas. Isto porque as enzimas pancreáticas, como normalmente circulam por toda corrente sanguínea, corroem o revestimento de proteína protetora de carga negativa em torno as células de crescimento acelerado. Assim, as enzimas pancreáticas tornam as células cancerosas sem defesa para o sistema imunológico do corpo.
E porque as enzimas pancreáticas não retiram o revestimento de proteína das células cancerosas da mesma maneira que fez com as células trofoblásticas no período da gravidez logo após formar o cordão umbilical e a placenta ?
Os maus hábitos alimentares produzem desequilíbrio do pH do corpo, levando a um estado de acidez(PH abaixo de 7.35) que é propício para o câncer de todos os tipos. Veja aqui alguns ingredientes que tornam seu corpo mais ácido e propício a desenvolver doenças degenerativas como câncer. Além de alimentos, sentimentos ácidos (raiva, ódio, rancor, ciúmes, ansiedade,etc) também tornam criam um ambiente ácido no organismo.
industria_do_cancer_4
ph
Pode existir inúmeros motivos, para o pâncreas não trabalhar bem,  entre eles estão :
  • A ingestão de excesso de proteínas obrigando o pâncreas a fazer um esforço extra,
  • uma lesão neurológica que impede a produção de enzimas pancreáticas
  • ou mesmo um desequilíbrio químico no corpo tornando enzimas inativas.
O fator comum entre trofoblasto e câncer é gonadotrofina coriônica humana, um hormônio produzido apenas pela placenta (trofoblasto) durante a gravidez. O teste de gonadotrofina é usado  para verificar a gravidez, e  também é usado para detectar presença de câncer.
Alguns dizem a seguinte frase: “Cada gravidez é um câncer e todo o cancro é uma gravidez.”
Dr. Alexander Kritchévski Columbia University, em 1994, comprovou que todas as células cancerosas temgonadotrofina coriônica.
O oncologista Rigdon Lentz afirmaa: “O tecido trofoblástico (placenta) tem todas as características de um verdadeiro câncer, está profundamente invasivo, altamente anaplásico em morfologia, tem alto índice mitótico e produz antígenos oncofetais. Em todos os aspectos, ele se comporta como um câncer real. “
E o que são enzimas?
São proteínas que aceleram inúmeras reações bioquímicas que ocorrem no nosso corpo ..
O pâncreas, é um órgão complexo com várias funções enzimáticas:
  • Tem a ver com o metabolismo dos carboidratos, cujo mal funcionamento tem a ver com aparição da diabetes
  • Com a produção de enzimas digestivas para digerir gorduras, proteínas e amidos e o seu envolvimento na digestão de substâncias residuais.
  • Envolvido na destruição de células pré-cancerosas.
As enzimas produzidas pelo pâncreas não só destrõem as células cancerosas, mas também regulam o pH, tornando-se hostil para o cancro.
As enzimas pancreáticas viajam para o tumor e sem danificar o resto do corpo.
Em todo o tratamento do câncer deveria incluir o fornecimento de enzimas pancreáticas estimulando o pâncreas e baço a ativar o sistema imunológico. Fonte (http://qisomamedicina.blogspot.com.br/2011/05/el-cancer-como-un-embarazo.html)

O  Princípio Anaeróbico da Célula do Câncer

Outro princípio científico muito importante de todas as células cancerosas malignas que é a base de vários tratamentos alternativos.
Uma célula saudável respira oxigênio para produzir energia. A célula cancerosa evita oxigênio e fermenta o açúcar para suas necessidades energéticas.
Esse princípio está por trás de fórmula líquida chamada “Protocel Alternative Cancer” e também da terapia super poderosa chamada “Cesium High pH Therapy”(Terapia de Césio pH elevado).
Todas as células do corpo devem ser capazes de atender às suas necessidades de energia através de um processo conhecido como “respiração celular.” Nós temos a tendência de pensar na respiração como se fosse a respiração humana, mas a nível celular, a respiração celular simplesmente se refere à forma como a célula obtém energia.
Existem muitas maneiras das células obterem energia, que podem ser separadas em duas grandes categorias:
Respiração Celular Anaeróbia: Não necessitam de oxigênio
Respiração Celular Aeróbia: Necessitam de oxigênio
Em condições normais e saudáveis, todas as células do nosso corpo obtém a energia que necessitam através darespiração aeróbica, enquanto as células danificadas ou insalubres obtém a energia de que necessitam através darespiração celular anaeróbica. (Com a única exceção para as células musculares que podem reverter temporariamente para respiração anaeróbica em condições de grande esforço quando não estão recebendo oxigênio suficiente para os músculos rápidamente)
Nos anos de 1930 a 1940, o premiado cientista Nobel, Otto Warburg, demonstrou que todas as células cancerosas compartilham uma característica importante de serem principalmente anaeróbias e que elas não podem reverter para funcionamento aeróbico normal. Considerando que todas as células saudáveis em nossos corpos precisam de um ambiente rico em oxigênio, Warburg foi capaz de mostrar que as células cancerosas realmente prosperaram em um ambiente pobre em oxigênio.
Ele ainda provou que, em vez de utilizar o oxigênio, as células cancerosas utilizam um tipo de respiração das células chamado “glicólise”, que é a fermentação da glicose. Sem glicose para satisfazer as suas necessidades de energia, as células cancerosas morrem.
otto cancer
É por isso que todo paciente com câncer deve evitar comer açúcar refinado, sob qualquer forma, não importa se eles estão buscando uma abordagem alternativa para o câncer ou se estão sendo tratados por um método convencional. Açúcar alimenta câncer.
Os oncologistas tradicionais geralmente não têm o hábito de dizer a todos os seus pacientes com câncer para evitar comer açúcar, e também é mais uma evidência de que a nossa indústria do câncer evita ativamente a ciência real sobre como funciona o câncer.
Nem todas as terapias alternativas de câncer exploram a dependência da célula cancerosa no funcionamento anaeróbico, mas como Tanya Pierce menciona, tanto Terapia de césio pH elevado e Protocel Alternative Cancerutilizam esta abordagem. Algumas das histórias de recuperação de câncer mais notáveis são apresentados em seu livro, “Out Smart Your Cancer”. (Não encontramos versão em português do livro).
Assim, existem princípios científicos sólidos sobre os quais muitas terapias alternativas de câncer são baseadas. E elas provaram serem eficazes em inúmeros casos de câncer humano. Além disso, em contraste com as abordagensconvencionais tóxicas da radiação e da quimioterapia, abordagens alternativas são capazes de muitas vezes libertar o corpo de cancro sem danificar células saudáveis de um indivíduo. Além de que, radiações deixam o corpo mais ácido, criando um ambiente propício para propagação do câncer.
Mesmo que você ou algum familiar esteja seguindo algum tratamento convencional de câncer, não deixe de incorporar essas dicas no seu tratamento, mantenha uma dieta alcalina, evite açúcar e seu organismo terá mais condições de se recuperar. E converse com seu médico, questioná-o sempre sobre suas dúvidas e suas descobertas. 
Fontes:

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

DIETA DETOX PARA MELHORAR MUITO PELE E CABELOS