Pular para o conteúdo principal

ALERTA EM SAÚDE : A MEDICINA MODERNA BASEIA-SE EM TEORIAS FALHAS


Alerta de Saúde: A Medicina Moderna Baseia-se em Teorias Falhas 

“Se toda a medicina do mundo fosse atirada no mar, seria ruim para os peixes e bom para a humanidade.” – Oliver Wendell Holmes, Professor de Medicina da Universidade Harvard

A medicina moderna está matando mais de 100.000 pessoas por ano – cerca de 280 pessoas por dia – então, como podem estar atuando da mesma forma? Imagine se a sua empresa fizesse isso para seus clientes – o que aconteceria com você? Mesmo assim, as modernas práticas de saúde continuam a causar morte prematura e ferimentos a milhões de pessoas, sem fim à vista.
Em 1991, um estudo da escola de Medicina Prática de Harvard revelou uma taxa de lesões iatrogênicas (causadas por médicos) de 4% – com uma taxa de 14% de morte. Isso quer dizer, 180 mil pessoas mortas – a cada ano – por médicos convencionalmente treinados.
Em 1994, Dr. Lucian L. Leape publicou um estudo no Journal of the American Medical Association (JAMA), que indicou que os números são muito mais elevados. Na verdade, dois dos pesquisadores em destaque no estudo obtiveram taxas de mortalidade de 20-25%.
Em outras palavras, se você somar a taxa de mortalidade média dos três estudos (listadas acima) – teríamos mais de 1 milhão de mortes por ano!
Infelizmente, se você examinar os números com mais cuidado, você rapidamente percebe que isto é apenas a ponta do iceberg. Por exemplo, em uma edição do JAMA de 1998, um estudo observou que “reações adversas a medicamentos prescritos adequadamente, dados em ambientes hospitalares, é a quarta principal causa de morte nos EUA”.
A grande maioria da população ainda acredita que as doenças requerem a administração de medicamentos tóxicos. Evidentemente, a maioria dos médicos foram doutrinados para acreditar nas teorias falhas da medicina moderna. Para começo de conversa, ficar doente não é uma deficiência de drogas e, a fim de nos curarmos completamente, temos de abordar a verdadeira causa da doença.
Lesões de vacinas estão em ascensão. Medicamentos para baixar o colesterol aumentam o risco de um ataque cardíaco e destroem o tecido muscular. E, terapias convencionais contra o câncer na verdade causam câncer.

Por que as pessoas realmente ficam doentes?

Bem, se você acredita na maioria das pessoas, sabe que germes – do espaço exterior – entram no nosso corpo, quer a partir do ar ou de fluídos corporais de pessoas doentes, e causam a doença. Esta é toda a base para as vacinas. Nós, supostamente, precisamos dessas injeções para acionar nosso sistema imunológico e nos proteger do mal. Mas, mesmo a medicina ocidental reconhece agora que isso é falso.

Assim, a questão permanece: por que algumas pessoas ficam doentes e outros não? Poderia ter algo a ver com o nosso interior? Muitos médicos holísticos estão estudando os efeitos de alterar o nosso ambiente interno para ajudar a construir a nossa defesa contra a doença.
Doença grave não me incomoda por muito tempo, porque eu sou muito inóspito para um hospedeiro” – Dr. Albert Schweitzer

Fonte: 
http://www.noticiasnaturais.com/2015/02/alerta-de-saude-a-medicina-moderna-baseia-se-em-teorias-falhas/

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

A luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - proporciona um efeito fotoprotetor contra a radiação solar e artificial, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da peleFoto: Shutterstock
Luteína combate manchas e fotoenvelhecimento da pele
Estudos já comprovaram que a luz emitida por computadores, televisores e lâmpadas fluorescentes pode causar manchas na pele, assim como os raios ultravioleta (UVA e UVB). Mas, o que pouca gente sabe é que a luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - pode proporcionar um efeito fotoprotetor contra todas essas radiações, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da pele. Os benefícios desse ativo para a cútis começaram a ser valorizados há cerca de cinco anos quando a revista científica americana Skin Pharmacology and Physiology divulgou um estudo que apontou a luteína como uma poderosa arma antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo, causad…

PROCAÍNA,A SENSAÇÃO CONTRA VELHICE

Um novo tratamento contra o envelhecimento está se tornando uma sensação no Brasil. Embora sua aplicação com essa finalidade não seja tão recente, a procaína benzóica estabilizada ganhou força na mídia, e hoje já é utilizada principalmente pelas classes sociais mais abastadas. Além de retardar o envelhecimento, o GH3, nome comercial da procaína, promete equilíbrio nos sistemas corporais, melhora na circulação sangüínea e combate à depressão. O geriatra e ortomolecular Eduardo Gomes e Azevedo trabalha com o GH3 há 27 anos, sendo inclusive usuário do medicamento. Ele alertou que o medicamento não faz milagres, apenas tem eficácia se utilizado num tratamento multidisciplinar. Azevedo contou que, no GH3, a procaína é somada ao metabissulfito de potássio, fosfato bissódico e ácido benzóico, diferente da procaína utilizada como anestésico. "Quando no organismo, a procaína benzóica se metaboliza, transformando-se no ácido para-amino-benzóico e no dietil-etanol-amino. Esses elementos são …

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

UC-II COLAGENO NÃO DESNATURADO DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos. Descrição O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartil…