Pular para o conteúdo principal

NÃO ESCOVAR OS DENTES PODE PROVOCAR DEMÊNCIA,DOENÇAS CARDÍACAS E DESTRUIR O SISTEMA IMUNOLÓGICO,DIZ PESQUISA

Não escovar os dentes pode provocar demência, doenças cardíacas e destruir sistema imunológico, diz pesquisa

Ter, 02 de Junho de 2015 

Os resultados revelaram que, apenas duas semanas sem os hábito de higiene, ele havia danificado seu sistema imunológico.

Durante duas semanas, o dentista usou um protetor de gengivas de um lado da boca, ao escovar os dentes, de modo que o lado não seja limpo. Depois, ele escovou seus dentes sem o protetor e sua gengiva sangrou um pouco. “Eu havia desenvolvido gengivite. Se eu continuasse assim e não tratasse os dentes, provavelmente poderia perder alguns dentes”, revelou.
Os testes realizados com o professor Iain Chapple, da Faculdade de Odontologia da Universidade de Birmingham, usando as células brancas do sangue mostraram que elas haviam se tornado menos eficazes em avançar para um invasor infeccioso, indo aleatoriamente, de forma ineficiente. “Este resultado indicou que todo o meu corpo tinha se prejudicado como resultado de uma infecção na minha gengiva”, disse o dentista.
Inflamação é o termo médico para a reação do nosso corpo à infecção, tipicamente vista do lado de fora do corpo do tecido como vermelha e inchada. Quando essa reação é a curto prazo, é uma resposta saudável. Mas quando o corpo está constantemente reagindo aos danos crônicos ou infecções, pode interferir no sistema imunológico, desencadeando reações em cadeia que causam danos em todo o corpo.
A inflamação crônica também pode danificar outras células do corpo, tais como os órgãos e o sistema circulatório.
Uma nova pesquisa revelou que a inflamação crônica afetaria seriamente a saúde e a vida de alguém, estando fortemente ligada com o desenvolvimento de doenças cardíacas, diabetes tipo 2, doença de Alzheimer, acidente vascular cerebral e câncer.
De acordo com Chapple a inflamação adquirida por Tulleken era completamente reversível. Mas se o problema se estender e não for tratado a tempo, os danos podem ser irreversíveis, tornando-se crônica.
Periodontite e gengivite não são doenças ruins apenas para os dentes. A análise da boca é uma das intervenções de saúde mais importantes a serem realizadas, no entanto, esta área é algo que poucos médicos conhecem.
Esta ligação crucial entre a saúde das gengivas e a saúde do corpo inteiro é relativamente negligenciada por médicos. Como resultado, perdemos muitas oportunidades para educar os pacientes sobre a importância do cuidado dental”, revelou Tulleken. “Isso torna ainda mais vital que as crianças aprendam o hábito de escovar os dentes corretamente ainda jovens”.
De acordo com o dentista, o ideal é supervisionar a escovação das crianças para que elas aprendam corretamente.

Fonte:DailyMail Foto: Reprodução / Bridgingthegap

http://www.jornalciencia.com/saude/mente/4864-nao-escovar-os-dentes-pode-provocar-demencia-doencas-cardiacas-e-destruir-sistema-imunologico-diz-pesquisa

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

A luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - proporciona um efeito fotoprotetor contra a radiação solar e artificial, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da peleFoto: Shutterstock
Luteína combate manchas e fotoenvelhecimento da pele
Estudos já comprovaram que a luz emitida por computadores, televisores e lâmpadas fluorescentes pode causar manchas na pele, assim como os raios ultravioleta (UVA e UVB). Mas, o que pouca gente sabe é que a luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - pode proporcionar um efeito fotoprotetor contra todas essas radiações, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da pele. Os benefícios desse ativo para a cútis começaram a ser valorizados há cerca de cinco anos quando a revista científica americana Skin Pharmacology and Physiology divulgou um estudo que apontou a luteína como uma poderosa arma antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo, causad…

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

UC-II COLAGENO NÃO DESNATURADO DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos. Descrição O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartil…

PROCAÍNA,A SENSAÇÃO CONTRA VELHICE

Um novo tratamento contra o envelhecimento está se tornando uma sensação no Brasil. Embora sua aplicação com essa finalidade não seja tão recente, a procaína benzóica estabilizada ganhou força na mídia, e hoje já é utilizada principalmente pelas classes sociais mais abastadas. Além de retardar o envelhecimento, o GH3, nome comercial da procaína, promete equilíbrio nos sistemas corporais, melhora na circulação sangüínea e combate à depressão. O geriatra e ortomolecular Eduardo Gomes e Azevedo trabalha com o GH3 há 27 anos, sendo inclusive usuário do medicamento. Ele alertou que o medicamento não faz milagres, apenas tem eficácia se utilizado num tratamento multidisciplinar. Azevedo contou que, no GH3, a procaína é somada ao metabissulfito de potássio, fosfato bissódico e ácido benzóico, diferente da procaína utilizada como anestésico. "Quando no organismo, a procaína benzóica se metaboliza, transformando-se no ácido para-amino-benzóico e no dietil-etanol-amino. Esses elementos são …