Pular para o conteúdo principal

ESQUECIMENTOS PODEM INDICAR ALZHEIMER DÉCADAS ANTES DO DIAGNÓSTICO

De acordo com novo estudo, o Alzheimer poderia ser detectado até 18 anos antes do diagnóstico.
De acordo com novo estudo, o Alzheimer 
poderia ser detectado até 18 anos antes do diagnóstico.


Esquecimentos podem indicar Alzheimer décadas antes do diagnóstico


De acordo com um novo estudo, erros em testes de memória e pensamento podem sinalizar um futuro aparecimento do mal de Alzheimer até 18 anos antes do diagnóstico.
Mais de 2000 pessoas sem Alzheimer foram testadas cognitivamente a cada 3 anos durante um período de 18 anos. Cerca de um quinto dos indivíduos eventualmente desenvolveu a doença. Aqueles que tiveram piores desempenhos nos testes tiveram uma probabilidade maior de potencializar a doença. Durante o primeiro ano, as pessoas com pontuação mais baixa foram 10 vezes mais propensas ao Alzheimer, e essa probabilidade só aumentou com o passar dos anos.

Kumar Rajan, do Centro Médico de Chicago, principal autor do estudo, afirmou que as mudanças no pensamento e na memória, que precedem os sintomas do Alzheimer, começam décadas antes do diagnóstico. Embora atualmente não possamos detectar tais mudanças nos indivíduos em risco, conseguimos observá-las em um grupo de indivíduos que eventualmente desenvolveu doenças associadas ao Mal de Alzheimer.

Estudos anteriores demonstraram que o cérebro passa por mudanças estruturais antes da doença de Alzheimer tomar conta; outras pesquisas conseguiram mostrar o declínio cognitivo nos estágios iniciais da doença. Porém, a nova pesquisa indica que pode haver meios de diagnosticar previamente a doença, antecipando o tratamento ou prevenção.
“Um conceito geral vigente é que no desenvolvimento do Alzheimer, certas mudanças físicas e biológicas precedem a perda de memória. Se isto é assim, estes processos subjacentes podem ter uma duração muito longa.”, afirmou Rajan. “Os esforços para prevenir com sucesso a doença pode exigir uma melhor compreensão desses processos perto da meia idade.”
A pesquisa recebeu apoio do National Institute on Aging and the Alzheimer’s Association , dos Estados Unidos. O estudo foi publicado na revista Neurology (em inglês) [Bioscience Technology]

Fonte: http://misteriosdomundo.org/esquecimentos-alzheimer-decadas-antes-do-diagnostico/#ixzz3gqpDheEF



Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

A luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - proporciona um efeito fotoprotetor contra a radiação solar e artificial, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da peleFoto: Shutterstock
Luteína combate manchas e fotoenvelhecimento da pele
Estudos já comprovaram que a luz emitida por computadores, televisores e lâmpadas fluorescentes pode causar manchas na pele, assim como os raios ultravioleta (UVA e UVB). Mas, o que pouca gente sabe é que a luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - pode proporcionar um efeito fotoprotetor contra todas essas radiações, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da pele. Os benefícios desse ativo para a cútis começaram a ser valorizados há cerca de cinco anos quando a revista científica americana Skin Pharmacology and Physiology divulgou um estudo que apontou a luteína como uma poderosa arma antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo, causad…

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

UC-II COLAGENO NÃO DESNATURADO DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos. Descrição O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartil…

PROCAÍNA,A SENSAÇÃO CONTRA VELHICE

Um novo tratamento contra o envelhecimento está se tornando uma sensação no Brasil. Embora sua aplicação com essa finalidade não seja tão recente, a procaína benzóica estabilizada ganhou força na mídia, e hoje já é utilizada principalmente pelas classes sociais mais abastadas. Além de retardar o envelhecimento, o GH3, nome comercial da procaína, promete equilíbrio nos sistemas corporais, melhora na circulação sangüínea e combate à depressão. O geriatra e ortomolecular Eduardo Gomes e Azevedo trabalha com o GH3 há 27 anos, sendo inclusive usuário do medicamento. Ele alertou que o medicamento não faz milagres, apenas tem eficácia se utilizado num tratamento multidisciplinar. Azevedo contou que, no GH3, a procaína é somada ao metabissulfito de potássio, fosfato bissódico e ácido benzóico, diferente da procaína utilizada como anestésico. "Quando no organismo, a procaína benzóica se metaboliza, transformando-se no ácido para-amino-benzóico e no dietil-etanol-amino. Esses elementos são …