Pular para o conteúdo principal

ATLETAS VEGETARIANOS DE ALTA PERFORMANCE.É POSSÍVEL ?

Atletas Vegetarianos de alta performance. 

É possível ?


Atletas vegetarianos ? Isso é possível ? Mas como ? De onde tiram proteína ?
Existe uma lenda difundida e divulgada por vários meios, nutricionistas, médicos e especialistas que o ser humano necessita consumir proteína da carne para estar bem, absorver ferro, manter-se sadio e forte.
As associações americanas e canadenses de dietética já afirmam que a dieta vegetariana pode sim cobrir as necessidades energéticas e proteicas de um atleta, através de vários vegetais, proteína da soja, legumes, cereais, frutos secos, sementes, etc. O estudo está disponivel aqui
Esses atletas do passado e atuais mostram que é sim possível e viável ser vegetariano, respeitar os animais e ainda ter alta performance nos esportes e serem campeões. Se atletas que necessitam de uma dieta especial para ter um rendimento espetacular conseguem se alimentar através da dieta vegetariana, imagina a maioria de nós que não somos atletas de alta performance.
Nós do Yogui.co acreditamos que animais não estão no planeta para serem comidos e sim tem uma função mais nobre na natureza. Veja os atletas vegetarianos campeões em seus esportes.

Carl Lewis

Eleito o “Esportista do Século” pelo Comitê Olímpico Internacional, o velocista vegano, nascido nos Estados Unidos, colecionou 10 medalhas olímpicas em provas de velocidade, sendo nove delas de ouro. Em 1991, bateu o recorde de 9,86 segundos na prova dos 100 metros rasos.

Dave Scott

Foi seis vezes campeão do Ironman no Hawaii, a principal competição de triatlon no mundo, chegando em primeiro lugar em 1980, 1982, 1983, 1984, 1986 e 1987.



Éder Jofre

O maior pugilista brasileiro de todos os tempos, vegetariano desde os 20 anos de idade, desde 1956,  foi campeão mundial peso-galo em 1960 e do peso-pena em 1973 sem comer alimentos de espécie animal. Ele atribui a sua capacidade física, de resistência e força, à dieta vegetariana.

Murray Rose

Considerado um dos maiores nadadores de todos os tempos, este escocês vegetariano conseguiu, logo aos 17 anos, três medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos de 1956, em Melbourne, na Austrália. Nos 400m livre, 1500m livre e 4 x 200m livre. Em 1960, nas Olimpíadas de Roma, também ficou com o ouro, nos 400m livre.

Daniel Meyer

Triatleta e ultramaratonista, atua na promoção do veganismo através de suas conquistas no esporte, demonstrando que uma dieta estritamente vegetariana é totalmente compatível com alto desempenho esportivo

Fiona Oakes

Atleta vegana ganhadora de várias maratonas e responsável por um santuário no qual vivem centenas de animais.

Robert Cheeke

Fisiculturista e ativista vegano, promove palestras e promoções de seu livro Vegan Bodybuilding & Fitness – The Complete Guide to Building Your Body on a Plant Based Diet (2010)
Robert Cheeke1


Frank Medrano 

É super atleta conhecido mundialmente por sua força , flexibilidade e exercícios surreais que executa


Veja o Vídeo Frank Medrano

Fonte : thefrankmedrano

Hélio Gracie

Foi responsável pela difusão do Jiu-Jitsu no Brasil e idealizador do estilo de arte marcial brasileira conhecido mundialmente como Brazilian Jiu-Jitsu.  Descendente distante de escoceses, quando era apenas uma criança sua família mudou-se para o Rio de Janeiro. Devido à sua frágil saúde, Hélio, o mais franzino dos Gracie, não podia treinar o Judô tradicional ensinado pelos seus irmãos, especialmente Carlos Gracie.
Faleceu aos 95 anos de idade e desde os 67 anos era vegetariano, pois segundo ele,  descobriu que carne não fazia bem. Disse em sua última entrevista: “o boi foi morto, levado para o açougue, cortado, vendido, congelado em casa, ingerido posteriormente. Quantos dias esta carne ficou circulando desde o dia que o boi foi abatido até o dia que foi ingerida. Isso não deve fazer bem, pois o cadáver provavelmente já está vencido, só não putrifica porque os conservamos congelados“.

Fonte:http://yogui.co/atletas-vegetarianos/


Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

A luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - proporciona um efeito fotoprotetor contra a radiação solar e artificial, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da peleFoto: Shutterstock
Luteína combate manchas e fotoenvelhecimento da pele
Estudos já comprovaram que a luz emitida por computadores, televisores e lâmpadas fluorescentes pode causar manchas na pele, assim como os raios ultravioleta (UVA e UVB). Mas, o que pouca gente sabe é que a luteína - antioxidante natural que reduz os efeitos dos radicais livres - pode proporcionar um efeito fotoprotetor contra todas essas radiações, além de aumentar significativamente a hidratação e a elasticidade da pele. Os benefícios desse ativo para a cútis começaram a ser valorizados há cerca de cinco anos quando a revista científica americana Skin Pharmacology and Physiology divulgou um estudo que apontou a luteína como uma poderosa arma antioxidante contra o fotoenvelhecimento cutâneo, causad…

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

UC-II COLAGENO NÃO DESNATURADO DUAS VEZES MAIS ATIVO DO QUE CONDROITINA + GLUCOSAMINA A cartilagem é um dos tecidos conjuntivos primários do corpo, proporcionando flexibilidade e suporte para as articulações ósseas. O colageno tipo II não desnaturado, é a principal proteína estrutural na cartilagem que é responsável pela sua resistência à tração e firmeza. Derivado de cartilagem de frango, UC-II® consiste em colágeno tipo II não desnaturado que age juntamente com o sistema imunológico para manter as articulações saudáveis e promover a mobilidade e flexibilidade das articulações. UC-II® tem sua composição patenteada, e demonstrou a sua eficácia em estudos clínicos em humanos. Descrição O colágeno é uma proteína fibrosa presente na pele, tendões, ossos, dentes, vasos sangüíneos, intestinos e cartilagens, correspondendo a 30% da proteína total e a 6% em peso do corpo humano. Também é encontrada em diversos tecidos de animais. UC-II® é um colágeno do tipo II, não-desnaturado, derivado da cartil…

PROCAÍNA,A SENSAÇÃO CONTRA VELHICE

Um novo tratamento contra o envelhecimento está se tornando uma sensação no Brasil. Embora sua aplicação com essa finalidade não seja tão recente, a procaína benzóica estabilizada ganhou força na mídia, e hoje já é utilizada principalmente pelas classes sociais mais abastadas. Além de retardar o envelhecimento, o GH3, nome comercial da procaína, promete equilíbrio nos sistemas corporais, melhora na circulação sangüínea e combate à depressão. O geriatra e ortomolecular Eduardo Gomes e Azevedo trabalha com o GH3 há 27 anos, sendo inclusive usuário do medicamento. Ele alertou que o medicamento não faz milagres, apenas tem eficácia se utilizado num tratamento multidisciplinar. Azevedo contou que, no GH3, a procaína é somada ao metabissulfito de potássio, fosfato bissódico e ácido benzóico, diferente da procaína utilizada como anestésico. "Quando no organismo, a procaína benzóica se metaboliza, transformando-se no ácido para-amino-benzóico e no dietil-etanol-amino. Esses elementos são …