BIOMASSA DE BANANA VERDE EMAGRECE ? SAIBA TUDO SOBRE A DIETA DA BANANA VERDE

Biomassa de banana verde

Biomassa de Banana Verde Emagrece?

A biomassa de banana verde é uma receita que foi criada no ano de 1992 pela ex-produtora do Vale do Ribeira, a brasileira Heloísa Freitas Valle. Ela teve a ideia de fazer receitas com a banana verde depois que seu sítio foi roubado e os ladrões levaram embora todo o seu estoque de mantimentos. Hoje em dia a receita está muito popular e surge a dúvida: Será que a biomassa de banana verde emagrece mesmo?
A criação da dona Heloísa é preparada a partir do cozimento das polpas de banana verde. O resultado final da receita é uma biomassa composta por amido resistente, que não pode ser digerido pelo organismo, e passa direto para o intestino grosso, onde serve como alimento para a flora intestinal.
Esse tipo de amido funciona como uma fibra, contribuindo com o bom funcionamento do intestino. Além disso, ele também colabora com a prevenção do diabetes do tipo 2 e do desenvolvimento de câncer do intestino, ao mesmo tempo em que melhora a imunidade.
A receita brasileira ainda é fonte de vitamina A, vitamina B1, vitamina B2, vitamina B3, aminoácidos, ácidos graxos, potássio, manganês e fósforo.

Biomassa de banana verde emagrece?

Como acabamos de te contar, o amido resistente presente na biomassa funciona como uma fibra, isso quer dizer que assim como as fibras, ele promove a sensação de saciedade no organismo, o que é de grande ajuda na hora de controlar o apetite.
E uma vez com o apetite controlado fica bem mais fácil não exagerar na comilança e cortar o consumo de calorias, o que é importante para perder peso. Logo, podemos dizer que sim, a biomassa de banana verde emagrece.
Mas não é só isso: ela também reduz a absorção de gorduras e de açúcar, provenientes da alimentação, o que também colabora com o controle do peso. Outro ponto positivo é que no preparo de receitas, o ingrediente pode substituir o creme de leite, a maionese, o óleo e o leite condensado, porque também ajuda a engrossar. A vantagem é que ela tornará os pratos mais saudáveis e menos calóricas, sem interferir no sabor.
Entretanto, vale ressaltar que não estamos falando aqui de um alimento milagroso. Comer a biomassa não garantirá a perda de peso, somente auxiliará o processo. Logo, não adiantará muita coisa, preparar a receita e consumi-la todo santo dia se não cuidar da dieta de uma maneira geral, comendo de forma controlada, equilibrada e saudável, e se não deixar o sedentarismo de lado e passar a praticar alguma atividade física para promover o gasto calórico.

Outros benefícios da biomassa de banana verde

Agora que já vimos que a biomassa de banana verde emagrece, chegou a hora de conhecer os outros benefícios que ela traz:

Melhoria da flora intestinal

No início do texto a gente falou que o amido resistente da biomassa alimenta a flora intestinal. Isso contribui para o seu desenvolvimento e saúde, o que é importante para o corpo humano porque o grupo de bactérias que fazem da parte da flora intestinal ajudam na digestão dos alimentos e controlam o crescimento de micro-organismos causadores de doenças na região.

Evita o desenvolvimento de diabetes do tipo 2

A razão pela qual a biomassa de banana verde previne contra a diabetes do tipo 2 é que ela evita os picos das taxas de glicose no sangue, que, por sua vez, são responsáveis por um grande aumento nos níveis de insulina. Quanto está hormônio é encontrado em altos níveis no organismo, alguns órgãos do corpo podem ficar resistentes a ela, o que exige uma produção ainda maior da substância e causa a resistência à insulina, que é um fator de risco para o diabetes do tipo 2.

Auxílio ao sistema imunológico

Este benefício está ligado à saúde da flora intestinal. É que quando ela trabalha direitinho, é capaz de produzir um composto chamado de citocina anti-inflamatória, que melhora a imunidade e torna o funcionamento dos anticorpos mais eficaz.
A flora intestinal saudável ainda fornece o aminoácido butirato, que deixa os anticorpos do intestino mais fortes para lutar contra os invasores que atacam a região.

Diminuição dos níveis do colesterol

Enquanto o butirato gerado pela flora intestinal traz uma pequena redução nos níveis de colesterol encontrados no fígado, o amido resistente da biomassa diminui o colesterol que é adquirido por meio dos alimentos consumidos.

Como fazer biomassa de banana verde

Ingredientes:
  • Bananas nanicas verdes.
Modo de preparo:
1 – Retirar as bananas do cacho, com bastante cuidado e delicadeza, para não desperdiçar o talo;
2 – Limpar bem as frutas, com o auxílio de água e sabão;
3 – Encher uma panela de pressão até a metade com água e levar ao fogo para ferver;
4 – A partir do momento que a água começar a ferver, adicionar as bananas. Tampar a panela e deixar em fogo alto. Desligar apenas quando ela começar a chiar;
5 – Quando desligar, tomar o cuidado de esperar a pressão sair naturalmente, antes de abrir a panela;
6 – Depois que abrir, retirar as bananas e passar para um refratário. Na sequência, tirar as cascas e remover as polpas;
7 – Passar as polpas para o liquidificador ou processador de alimentos. Adicionar um pouco de água e bater, com a polpa ainda quente, para formar uma massa grossa, que caracterizará a biomassa;
8 – Depois que tiver pronto, consumir, utilizar em receitas de sucos ou comidas ou armazenar.
Na preparação de sucos, a orientação é usar ½ xícara da biomassa, já no preparo de comidas, a recomendação é utilizar uma xícara do ingrediente. Dá para preparar receitas de muffins, bolos, estrogonofes, salpicões, omeletes, tortas, cremes, molhos, massas sem glúten, pães doces e brigadeiros. 

Cuidados

A orientação é a de não ultrapassar o consumo diário de duas colheres de sopa de biomassa de banana verde. A ingestão em excesso pode causar gases, flatulências, diminuir a absorção de nutrientes como zinco e cálcio e deixar o intestino solto.
Ao ser preparada em casa, ela pode ser armazenada na geladeira por até sete dias. Quem deseja guardar por mais tempo, pode deixá-la no congelador durante no máximo dois meses.

Contraindicações

A biomassa de banana verde está liberada para crianças, adultos, mulheres grávidas ou que estejam amamentando seus bebês e idosos. A única restrição fica para aqueles que sofrem com alergia à banana.

Alguns vídeos interessantes

Nesse primeiro vídeo, uma nutricionista fala um pouco da biomassa de banana verde.
Esse vídeo apresenta uma receita de bolo usando a biomassa de banana verde. Também mostra como fazer a biomassa.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)
Referências
  1. Borges M.T.M.R., “Potencial vitamínico de banana verde e produtos derivados.” (tese de doutorado), Universidade Estadual de Campinas, Campinas-SP, Brazil, 167pp. (2003).
  2. Zandonadi, Renata Puppin, et al. “Green banana pasta: an alternative for gluten-free diets.” Journal of the Academy of Nutrition and Dietetics 112.7 (2012): 1068-1072.
  3. Alkarkhi, Abbas FM, et al. “Comparing physicochemical properties of banana pulp and peel flours prepared from green and ripe fruits.” Food Chemistry 129.2 (2011): 312-318.
  4. Araújo, Halina Mayer Chaves, et al. “Doença celíaca, hábitos e práticas alimentares e qualidade de vida.” (2010).
  5. Izidoro, D.R., “Influência da polpa de banana (Musa cavendishii) verde no comportamento reológico, sensorial e físico-químico de emulsão.” (dissertação de mestrado), Universidade Federal do Paraná, Curitiba-PR, Brazil, 147pp. (2007).

Farinha de banana verde

10 Benefícios da Banana Verde – Para Que Serve e Propriedades


A banana verde é mais um dos alimentos que surgiram nos últimos anos com a promessa de auxiliar na perda de peso e na manutenção da saúde. Comercializada na forma de farinha ou produzida em casa a partir da fruta fresca sem casca, os benefícios da banana verde supostamente vão desde a queima de gordura até a melhora do humor. Mas será verdade mesmo?

Para Que Serve a banana verde

Embora a banana verde seja simplesmente uma banana ainda não amadurecida, ela contém muito mais amido resistente, um tipo de carboidrato que não é bem absorvido pelo organismo e que pode trazer muitos benefícios à saúde (como controle da glicose, manutenção do peso e até mesmo uma diminuição dos níveis de colesterol).
À medida em que a banana vai amadurecendo, o seu teor de amido vai sendo convertido em açúcar, o que torna a fruta madura mais calórica e menos interessante para quem está fazendo dieta.
Mas as propriedades da banana verde não param por aí: ela é ainda uma ótima fonte de fibras – 1 única xícara contém 3,6 g do nutriente – vitaminas e minerais, como o potássio (531 mg por xícara), cálcio, magnésio e vitaminas do complexo B.

Amido Resistente 

O amido resistente não pode ser digerido pelas enzimas do estômago, de maneira que sua atuação no organismo se parece mais com a das fibras do que com os carboidratos. Quando você consome a banana verde, o amido resistente passa intacto pelo estômago e pelo intestino delgado. É somente no intestino grosso que esse amido será fermentado pelas bactérias, em um processo que resulta na formação de substâncias benéficas para a saúde e para a boa forma.
Ao ser fermentado, o amido resistente também colabora para a integridade da mucosa intestinal, já que auxilia a absorção adequada dos nutrientes e atua contra a entrada de organismos invasores. O amido resistente fermentado também serve de alimento para as bactérias “do bem” que habitam nosso intestino e são indispensáveis para a saúde do sistema digestivo.
Assim, os benefícios da banan verde vão desde a prevenção da constipação intestinal até a de formas mais graves de câncer, através do consumo regular da banana verde cozida ou na forma de farinha.
E vale lembrar que a banana verde contém cerca de duas vezes mais amido resistente do que a banana madura, uma vez que, como já vimos, o amido vai se convertendo em açúcar à medida que a fruta vai amadurecendo.

Benefícios da Banana Verde

Nutritiva, a banana verde traz uma série de propriedades benéficas tanto para a saúde quanto para manter ou perder peso. Veja quais são elas:

1. Auxilia no Controle do Peso

O amido resistente tem metade das calorias do carboidrato convencional – são duas do primeiro contra quatro do carboidrato tradicional. Assim, quanto mais amido resistente houver no alimento, menor será seu teor calórico. Além disso, o amido resistente atua como fibra alimentar, aumentando a sensação de saciedade e diminuindo o apetite.
Apesar de ter uma atuação como uma fibra, pesquisadores acreditam que o amido resistente seja até mais potente que as fibras tradicionais (encontradas em verduras, frutas e legumes), tendo uma capacidade ainda maior de manutenção da saciedade e controle da fome.
Isso não significa, é claro, que simplesmente adicionar banana verde à sua dieta sem fazer modificações em seus hábitos alimentares irá fazê-lo perder peso. O amido resistente pode ser um auxiliar do processo de emagrecimento, mas não deve ser visto como um agente milagroso. A banana verde deve entrar no cardápio em substituição a outro alimento (substituindo parte da farinha na hora de fazer pão, por exemplo) e não simplesmente como um acréscimo.
Portanto, ainda que um dos benefícios da banana verde seja sua atuação de maneira positiva no processo de emagrecimento, a modificação dos hábitos alimentares e a prática regular de atividade física não devem deixar de fazer parte do seu plano para que você consiga atingir suas metas de perda de peso.

2. Diminui o Colesterol

Consumir banana verde com regularidade pode não somente diminuir o LDL (colesterol ruim), como aumentar as taxas de HDL. Estudos recentes sugerem que a farinha de banana verde pode aumentar em até 30% os níveis de colesterol bom na circulação.
Uma das explicações para essa propriedade da banana verde seria o fato da fruta reduzir a produção do colesterol pelo fígado e ao mesmo tempo auxiliar na sua eliminação pelo sistema digestivo.

3. Protege o coração

Ao reduzir as taxas de colesterol ruim e triglicérides e aumentar os níveis de HDL, a banana verde contribui para a saúde do sistema cardiovascular. Isso se dá porque o HDL impede que o LDL se deposite na parede dos vasos, causando uma obstrução que pode até causar um infarto no futuro.
Outros benefícios da banana verde para o coração são a atuação das fibras e a manutenção de uma flora intestinal sadia. Essa combinação atua na prevenção de possíveis inflamações que poderiam também prejudicar o sistema cardiovascular.

4. Controla a Glicemia e Previne Diabetes

Este é certamente um dos maiores benefícios da banana verde, pois além de auxiliar no controle e impedir o surgimento de diabetes do tipo II, a regulação dos níveis de glicose também é fundamental para quem está precisando perder peso.
Ao ser ingerida, a banana verde libera açúcar na corrente sanguínea de maneira bastante gradual, o que impede uma grande variação das taxas de glicose – e consequentemente mantém estável a liberação de insulina.
Pesquisas têm demonstrado ainda que o consumo de amido resistente durante a refeição pode não somente manter estável como até diminuir o nível de glicose em circulação logo após o consumo de determinados alimentos. E, melhor ainda, esse efeito pode durar até a refeição seguinte: ou seja, se você consumiu banana verde no café da manhã, suas taxas de glicose serão mais facilmente controladas após o almoço.
E o que isso interfere na questão do peso? Uma menor liberação de glicose significa menos insulina em circulação, e você provavelmente já deve ter ouvido falar dos efeitos desse hormônio no organismo: entre outras funções, a insulina promove o acúmulo de gordura, diminui o metabolismo e aumenta o apetite. Ou seja, exatamente tudo que você não precisa quando está fazendo dieta.

5. Ajuda a queimar gordura

Outro benefício da banana verde para o emagrecimento se dá pelo aumento da queima de gordura. Ao se ver privado de carboidratos, o organismo é obrigado a recorrer aos estoques de gordura para obter energia para suas funções, e dessa maneira é possível reduzir a gordura acumulada.
E além disso, acredita-se que a banana verde estimule a liberação de glucagon, um hormônio produzido pelo pâncreas que tem entre suas funções a aceleração da queima de gordura.

6. Fornece energia

Para quem pratica atividade física com regularidade, a banana verde pode ser uma ótima opção para ser acrescentada ao shake pré ou pós-treino, uma vez que além de proteínas também contém carboidratos, que irão fornecer energia para os exercícios e para a recuperação muscular.

7. Regula o intestino

A banana verde atua como uma “vassourinha”, auxiliando na eliminação de resíduos alimentares que possam estar obstruindo o sistema digestivo e colaborando para a eliminação de toxinas. O amido resistente melhora o trânsito intestinal, atuando na prevenção de diarreias, constipação e até mesmo câncer de intestino.
A fermentação do amido resistente no intestino leva à formação de ácidos graxos de cadeia curta (sendo o principal o ácido butírico), que possuem uma atuação importante na nutrição das células intestinais. Isso significa que entre os benefícios da banana verde estão a promoção da saúde e o desenvolvimento da flora intestinal, o que também melhora a digestão e previne a prisão de ventre e as diarreias.
Para melhores resultados com a banana verde o ideal é combinar seu consumo com uma boa quantidade de água, a fim de auxiliar a passagem dos alimentos pelo trato digestivo.

8. Melhora o humor

A banana é uma ótima fonte de vitamina 6 e triptofano, dois nutrientes essenciais para a síntese de serotonina, um dos neurotransmissores associados à sensação de prazer e bem estar.
Além disso, o triptofano pode ajudar a melhorar o sono, diminuir a vontade de comer doces e até mesmo evitar a depressão. Confira aqui outras fontes de triptofano.

9. Alivia os sintomas da TPM

Podemos encontrar na banana verde uma boa quantidade de magnésio e de vitamina B6. Enquanto a vitamina estimula a produção de serotonina (que por sua vez causa bem estar), o magnésio melhora os sintomas da cólica e dor de cabeça. O mineral ainda ajuda a controlar a compulsão por doces, situação tão comum no período menstrual.

10. Mantém a saúde dos ossos e previne a osteoporose

E os benefícios da banana verde não param por aí: a fruta ainda contribui para a prevenção da osteoporose. Essas propriedades da banana se dão também pela presença do amido resistente, que diminui o pH intestinal e favorece a absorção de diferentes nutrientes, entre eles o cálcio.
E como também é rica em fósforo, a banana verde contribui duplamente para a formação da matriz óssea, fortalecendo os ossos e prevenindo a osteoporose.

Como consumir a banana verde

Como contém muito tanino (substância que confere à fruta aquele gosto “marrento”), a banana verde deve ser consumida cozida ou na forma de farinha. Enquanto a banana cozida – também conhecida como biomassa de banana verde – costuma ser feita em casa, a farinha de banana verde pode ser encontrada à venda em supermercados e casas de produtos naturais. Se preferir, veja aqui como fazer a farinha de banana verde em casa.
Você pode utilizar a biomassa de banana verde no preparo de suco natural, pão integral, vitamina, tortas, sopas, maionese, mousse, muffins, etc. Veja aqui como preparar uma deliciosa receita de brigadeiro light com biomassa de banana verde.

Biomassa de Banana Verde

biomassa-banana-verde-3-vida-e-saude
A biomassa de banana verde é fácil de fazer e tem um custo muito baixo – só o das bananas. Veja como prepará-la em casa:
Ingredientes:
  • 12 bananas verdes (preferencialmente orgânicas);
  • Água suficiente para cobrir as bananas na panela.
Preparo:
  1. Lave bem as bananas sem retirar a casca e o cabinho da fruta;
  2. Leve a água ao fogo e deixe ferver (utilize panela de pressão);
  3. Acrescente as bananas à água quente e tampe a panela;
  4. Assim que começar o “chiado” da pressão marque 10 minutos;
  5. Desligue a panela e deixe esfriar por 30 minutos;
  6. Abra a panela e escorra toda a água;
  7. Com bastante cuidado para não se queimar, abra as bananas (se preferir utilize um garfo ou faca) e descarte as cascas;
  8. Bata a polpa da banana no liquidificador (se necessário utilize um pouco de água quente);
  9. Acomode a mistura batida em formas de gelo e em potes de vidro. Mantenha na geladeira e consuma em até 7 dias.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)
Referências adicionais: 

Banana verde pasta

A Dieta da Banana Verde – Como Funciona, Cardápio e Dicas


Existe um método de emagrecimento, supostamente criado no Japão, chamado dieta da banana matinal, que promete a eliminação de até 18 quilos. A dieta não é muito restritiva, determina que quatro bananas sejam ingeridas no café da manhã, acompanhadas de dois copos de água morna ou chá e veta o consumo de bebidas alcoólicas, doces muito calóricos e alimentos derivados do leite.
Pois bem, se os japoneses possuem a dieta da banana matinal, nós brasileiros temos a dieta da banana verde. Foi baseando-se neste regime japonês que pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) chegaram à conclusão, por meio de um estudo, que a banana verde pode contribuir com a eliminação de peso.
Durante a pesquisa, 65 mulheres com idade entre 50 e 65 anos que sofriam com problemas como inchaço, prisão de ventre e gases passaram a ingerir a inulina, uma substância encontrada na banana verde. Juntamente com hábitos alimentares saudáveis, ela se mostrou eficiente não somente para aliviar os sintomas, como também para a perda de peso e a redução de taxas de colesterol.

Como funciona 

A dieta da banana verde promete a eliminação de até oito quilos somente no primeiro mês de realização. Vale ressaltar que é uma promessa ousada.
Entretanto, não é a simples ingestão do alimento em sua forma natural que ajuda a emagrecer, mas sim o consumo de uma pasta que não é muito difícil de ser preparada, também chamada de biomassa de banana verde. Confira a receita a seguir:

Receita de biomassa de banana verde 

Ingredientes:
  • Três bananas verdes;
  • Água.
Modo de preparo:
Colocar um litro de água para ferver em uma panela e acrescentar três bananas verdes e deixar cozinhando durante 15 a 20 minutos. Retirar a casca e adicionar uma xícara e meia de água filtrada. Após basta bater no liquidificador que a pasta estará pronta.
A pasta deve ser incluída no cardápio de todos os dias. Uma sugestão é que sejam consumidas duas colheres enquanto a pessoa ainda estiver em jejum e mais duas outras colheres antes de dormir.
Também é possível misturar a biomassa com outras receitas. Mas atenção! Para que a dieta da banana verde seja eficiente é necessário manter uma alimentação saudável e acrescentar a pasta em comidas mais calóricas como tortas e bolos irá atrapalhar o processo de perda de peso. Cada 100 g de banana verde correspondem a 122 calorias. 

Cardápio da dieta de banana verde

Além de ingerir duas colheres da biomassa ao acordar e mais duas antes de dormir, quem estiver realizando a dieta da banana verde ainda pode seguir um cardápio com alimentação saudável para obter resultados melhores. Vamos mostrar um exemplo de cardápio para um dia.
– Café da manhã
Ingerir duas colheres de sopa da biomassa de banana verde, duas fatias de pão integral light, uma fatia fina de queijo minas light, 200 ml de copo de leite desnatado com uma colher de sopa de achocolatado light. No intervalo entre o café de manhã e o almoço, consumir uma porção de fruta.
– Almoço
Durante o almoço, a dica é preparar um prato de sobremesa com uma salada de folhas e legumes crus, quatro colheres de sopa de arroz branco, duas colheres de sopa de feijão preto cozido e um filé de frango grelhado.
– Lanche
Na hora do lanche se alimentar com uma barra de cereais light sem chocolate.
– Jantar
Consumir um prato de sobremesa com salada e legumes crus, duas colheres de sopa de arroz branco cozido e uma porção de quibe assado.
– Ceia
Antes de dormir, tomar uma xícara de 200 ml de chá de ervas. Não se esquecer de ingerir mais duas colheres da pasta de banana verde.
Além da biomassa de banana verde, outra receita feita a partir da fruta pode ser incluída na receita do suco nutritivo de banana verde. Confira:
Ingredientes:
  • 300 ml de água;
  • Duas colheres de sopa de biomassa de banana verde;
  • Uma maça em pedaços;
  • Uma folha de couve.
Modo de preparo: 
Escaldar a folha de couve. Depois que ela tiver esfriado, picar. Juntar com os outros ingredientes e bater até obter uma substância cremosa.

Outros benefícios da banana verde 

Além de ser ingrediente principal da pasta que contribui com o emagrecimento, a banana verde também oferece diversos outros benefícios à saúde.
Um desses benefícios é que ela possui menor teor de açúcar, se comparada com outros tipos de banana. Além disso, a presença do chamado amido resistente pode ajudar tanto na prevenção como na regulação do diabetes.
A banana verde ainda é uma das maiores fontes de vitamina B6, que é importante para reações químicas envolvendo carboidratos e para o metabolismo de proteínas. Essa vitamina ainda é benéfica para a manutenção do peso e auxilia a produção de hemoglobina, que é responsável pelo transporte de oxigênio dos pulmões, para as células, tecidos e outro órgãos do corpo.
A vitamina B6 também auxilia a controlar os níveis de açúcar no sangue. Uma porção de bananas verdes cozidas proporciona sozinha aproximadamente 40% da quantidade necessária de vitamina B6 por dia ao corpo humano.
A fruta também é rica em vitamina C, que é um poderoso antioxidante, reduz sintomas de gripes e resfriados, traz benefícios a pessoas com estresse, combate o envelhecimento da pele, aumenta a absorção de ferro, faz bem para os olhos e até reduz o risco de derrames.
Vale ressaltar que uma dieta pobre em vitamina C pode tornar o organismo mais vulnerável a diversos tipos de infecções e causar o escorbuto, problema que pode ocasionar anemia, dificuldade na cicatrização de feridas e doenças na gengiva.
O potássio é outra substância que faz parte da composição da dieta da banana verde. Este mineral desempenha papel importante em funções vitais, regula o teor de água nas células, além de ser fundamental para o movimento do miocárdio e ativar sistemas de enzimas.
Ela também é importante para a saúde dos ossos, para o funcionamento adequado do coração, dos músculos e do sistema nervoso. Uma medida das frutas cozidas, tem 531 mg de potássio.
Justamente por ser uma ótima fonte de fibras é que a fruta é importante para o emagrecimento. Isso porque as fibras além de reduzirem o risco de diabetes e problemas no coração, oferecem uma sensação de saciedade ao organismo humano.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)
Banana verde e emagrecimento

Farinha de Banana Verde Emagrece? Benefícios, Como Fazer e Dicas

A farinha de banana verde tem atraído a atenção de muita gente que procura dietas inovadoras para ajudar no emagrecimento. Essa farinha possui alto valor nutritivo, já que preserva elementos que se perderiam ao longo do amadurecimento da banana. Seu consumo é fácil e rápido, já que a farinha é desidratada e, por isso, bem mais concentrada que a banana in natura. Com o devido cuidado e criatividade, a farinha de banana verde emagrece e pode ser adicionada à sua alimentação.

Propriedades da Farinha de Banana Verde

Em primeiro lugar, muita gente se pergunta por que a farinha precisa ser da banana verde. Essa curiosidade é, na verdade, a chave para entender os efeitos da farinha no organismo. A ideia de usar a banana verde se deve ao fato de que ela possui muitas propriedades que se perderiam no amadurecimento.
O mais importante componente que se perderia ao longo do amadurecimento é o amido resistente. Esse tipo de amido resiste por mais tempo à digestão e, dessa forma, fornece saciedade e baixos níveis de açúcar. Quando a banana amadurece, esse amido se perde, transformando-se em elementos calóricos.
Estudos apontam, ainda, que a banana verde garante o bom desenvolvimento da flora intestinal, garantindo um bom funcionamento desse importante órgão. Isso resulta em maior regularidade nas evacuações, mas também em outros aspectos. Como é no intestino que são produzidas muitas das células que atuam na defesa do organismo, há também um ganho na imunidade.
A capacidade da banana verde de estimular o crescimento da mucosa estomacal também foi verificada em estudo publicado no British Journal of Pharmacology. A mucosa estomacal bem desenvolvida ajuda na prevenção e no tratamento de úlceras e gastrites.
Com tantas propriedades benéficas comprovadas, a banana verde se tornou um elemento extremamente desejável para a nutrição diária. Como o seu sabor é desagradável, consumi-la na forma de farinha é a alternativa mais adequada.

A Farinha de Banana Verde Emagrece?

Existem evidências suficientes para acreditar que a farinha de banana verde emagrece mesmo. Não é recomendável esperar milagres, mas sem dúvida é possível obter resultados impressionantes se o consumo for acompanhado de uma dieta balanceada e de atividade física regular.
A propriedade da banana verde que provoca o emagrecimento é a sua concentração de amido resistente. Esse amido resiste à digestão por muito tempo, e só é de fato digerido no intestino grosso. Dessa forma, fica reduzida a absorção de açúcares pelo corpo, o que por si só é um fator que nos permite afirmar que a farinha de banana verde emagrece.
Mas os benefícios do amido resistente não param por aí. Por resistir à digestão por muito tempo, esse tipo de amido prolonga a sensação de saciedade, ajudando quem procura comer menos. Além disso, como o amido resistente garante o bom funcionamento do intestino, o organismo ganha uma maior regularidade no seu funcionamento, o que sem dúvida facilita a perda de peso.
O amido resistente também é capaz de bloquear uma complexa reação hormonal que, geralmente, favorece a acumulação de gordura. Quando o corpo humano absorve açúcares, o pâncreas é estimulado a produzir insulina cada vez mais. A insulina é necessária para o processamento do açúcar, mas possui o efeito colateral de estimular a acumulação de gordura.
O amido resistente é capaz de quebrar esse ciclo, já que diminui a absorção de açúcar, que por sua vez diminui o estímulo indireto ao acúmulo de gordura através da insulina.

Outros Benefícios da Farinha de Banana Verde

A farinha de banana verde traz, ainda, outros benefícios à saúde.
Já que o amido resistente diminui o estímulo à produção de insulina, o organismo exige menos trabalho do pâncreas, que fica dessa forma preservado. Diminui-se, assim, a chance de adquirir diabetes ao longo da vida, uma doença que vem atingindo cada vez mais pessoas.
A farinha de banana verde emagrece e também ajuda a controlar os níveis do colesterol ruim (LDL), favorecendo a prevenção e o controle de doenças cardiovasculares. Esse controle também ajuda a evitar os temidos infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVCs).

Cuidados Necessários

Alguns cuidados são necessários no consumo da farinha de banana verde. Em primeiro lugar, deve-se consumir no máximo duas colheres de sopa da farinha por dia. O excesso é prejudicial, em primeiro lugar, porque pode provocar prisão de ventre. Além disso, pode ser um grande erro para quem procura emagrecer, já que em excesso a farinha de banana verde engorda.
Recomenda-se, também, grande ingestão de água ao longo do dia. A hidratação garante o bom funcionamento do organismo e é especialmente necessária para quem consome alimentos desidratados, como é o caso desta farinha.
Já que a farinha é desidratada, é importante também guardá-la em potes adequados, para que se mantenha seca e preserve as propriedades benéficas. Além disso, é preciso respeitar o prazo de validade e consumi-la em até vinte dias.

Como Fazer a Farinha de Banana Verde

É possível comprar a farinha de banana verde em lojas especializadas em alimentação saudável, mas uma opção econômica e prática é fazer a farinha em casa. O único ingrediente necessário é a banana verde, de modo que a receita é simples e muito barata.
Em primeiro lugar, procure comprar bananas verdes (dê preferência à banana prata). Então, fatie as bananas em rodelas e leve ao forno em temperatura baixa. A ideia não é queimar as bananas, mas desidratá-las. Quando elas estiverem bem secas, retire do forno e deixe esfriar.
Depois de frias, as bananas devem ser trituradas num processador ou liquidificador e peneiradas para obter a farinha na espessura desejada. Quanto mais fina, mais fácil é de combinar com outros ingredientes, sobretudo em bebidas.

Dicas de Combinação

Para acrescentar a farinha de banana verde na alimentação diária é preciso ter criatividade e flexibilidade. O ideal é tentar acrescentar a farinha a alimentos consumidos diariamente, o que pode ser feito usando a farinha como parte da preparação de massas, bolos e pães.
As possibilidades, porém, são muitas. Há quem acrescente a farinha de banana verde a variadas sopas, combinando dois alimentos adequados para quem procura emagrecer. Uma outra possibilidade prática é misturar a farinha de banana verde em sucos ou em bebidas lácteas, tomando o devido cuidado de não exagerar nas calorias.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)
Bolo de farinha de banana verde

10 Receitas de Bolo com Farinha de Banana Verde Light

A farinha de banana verde, também chamada de biomassa, é produzida através da banana quase madura em um processo de fabricação simples que pode ser realizado com facilidade em casa ou adquirido em lojas de produtos naturais, mercados, farmácias, entre outros estabelecimentos.
A biomassa tem propriedades altamente nutritivas e que trazem inúmeros benefícios para a saúde, além de ajudar no emagrecimento devido à presença de calorias e carboidratos que evitam o acúmulo de gordura e a alta de glicose no sangue, sendo portanto um aliado contra a diabetes e bloqueando a compulsão por comida.
Uma das substâncias mais conhecidas presentes na farinha de banana verde é o chamado amido resistente, responsável por melhorar a imunidade, a digestão e as taxas de glicose corporal. O amido resistente pode ser encontrado em uma taxa que varia de 55 a 93% e é apenas absorvido pelo intestino delgado e não pelo estômago, o que evita que seja liberado no sangue.
A biomassa pode ser utilizada para compor inúmeros pratos e receitas salgadas e doces. Abaixo separamos receitas de bolo com farinha de banana verde que são light e podem ser inclusas no cardápio de vez em quando, principalmente naqueles momentos em que o corpo pede um doce. Veja as receitas fit e bom apetite!

1. Receita de bolo com farinha de banana verde

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 4 bananas nanicas maduras;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Uva passa a gosto;
  • Canela em pó.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do óleo de coco e três bananas picadas. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje metade da massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga, depois adicione uma banana picada, passas e canela e despeje o restante da massa. Leve em forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir com mais canela polvilhada.

2. Receita de bolo com farinha de banana verde e maçã

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 4 maçãs fujis;
  • ¾ de xícara de açúcar demerara;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Canela em pó a gosto.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do óleo de coco, o açúcar e as maçãs picadas. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir com canela polvilhada.

3. Receita de bolo com farinha de banana verde e coco

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara;
  • 7 colheres de coco ralado sem açúcar;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Canela em pó a gosto.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do óleo de coco açúcar e o coco ralado. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir com uma calda de coco e mel.

4. Receita de bolo com farinha de banana verde e cacau

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara;
  • 5 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Canela em pó a gosto.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do óleo de coco, o açúcar e o cacau em pó. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir.
*Tem 160 calorias por fatias. Rende 16 fatias.

5. Receita de bolo com farinha de banana verde, banana e maçã

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 3 bananas nanicas picadas;
  • 1 maçã picada;
  • 5 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Canela em pó a gosto.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do óleo de coco, as bananas e a maçã. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir polvilhado com canela.

6. Receita de bolo com farinha de banana verde e frutas vermelhas

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 5 colheres de sopa de cacau em pó;
  • 1/2 xícara de morangos;
  • 1/2 xícara de amoras;
  • 1/2 xícara de framboesas;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Canela em pó a gosto;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto das frutas vermelhas picadas, açúcar e o cacau em pó. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir. Decore com frutas vermelhas e mel.

7. Receita de bolo com farinha de banana verde e aveia

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 1 xícara de chá de aveia em flocos finos;
  • 2 ovos;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • Canela em pó a gosto.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto da aveia e o açúcar. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir com canela polvilhada.

8. Receita de bolo com farinha de banana verde e castanhas

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 100 gramas de castanhas picadas;
  • 2 ovos;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara
Modo de preparo
Bata os ovos no liquidificador junto das castanhas picadas e o açúcar. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir.

9. Receita de bolo com farinha de banana verde com cravo e canela

Ingredientes:
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 1 colher de chá de canela em pó;
  • 1 colher de chá de cravo em pó;
  • 2 ovos;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara. 
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do açúcar. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione o cravo, canela e o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir com canela polvilhada e mais cravo.

10. Receita de bolo com farinha de banana verde, chia e granola

Ingredientes:;
  • 1/2 xícara de farinha de banana verde;
  • 1 colher de chá de chia;
  • 1 colher de chá de granola;
  • 2 ovos;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara;
  • 2 colheres de sopa de óleo de coco;
  • 1 colher de café de fermento em pó;
  • 1/2 xícara de açúcar demerara.
Modo de preparo:
Bata os ovos no liquidificador junto do açúcar. Adicione a seguir a farinha e bata mais. Por último adicione a chia, granola e o fermento e mexa cuidadosamente com ajuda de uma colher. Despeje a massa em forma untada com margarina vegetal e farinha de banana ou com papel manteiga e leve ao forno pré-aquecido por 20 minutos ou até dourar. Espere amornar, desenforme e sirva a seguir.

Como preparar a Farinha de Banana Verde?

Como mencionado no início do artigo, a farinha de banana verde pode ser preparada em casa e guardada para ser utilizada com facilidade nas receitas. Opte por utilizar a banana do tipo prata verde ou quase madura. Selecione uma dúzia ou mais bananas e mergulhe com casca e tudo em água fervente por uns 2 minutos. Depois, escorra a água e com as bananas ainda quentes retire as cascas e corte em tiras no tamanho do comprimento.
Disponha em uma assadeira sem untar e eleve ao forno pré-aquecido até torrar. Espere esfriar e triture no processador ou liquidificador e passe na peneira. Adicione a farinha em um recipiente de vidro fechado, guarde em temperatura ambiente longe do sol e utilize com praticidade para preparar bolos e outras receitas lights e funcionais.
Revisão Geral pela Dra. Patrícia Leite - (no G+)
FONTE:HTTP://WWW.MUNDOBOAFORMA.COM.BR/

Postagens mais visitadas deste blog

LUTEÍNA COMBATE MANCHAS E FOTOENVELHECIMENTO DA PELE

UC-II - COLÁGENO NÃO DESNATURADO,O QUE É ? - FANTÁSTICO SUPLEMENTO DERIVADO DA CARTILAGEM DO FRANGO

DIETA DETOX PARA MELHORAR MUITO PELE E CABELOS