Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

NEUROPLASTICIDADE,INTERNET E MÚSICA CLÁSSICA - REORGANIZADORA DE CÉREBRO E ALMA

Imagem
Um livro muito interessante sobre os efeitos individuais e sociais do bombardeio de estímulos promovido pela internet é “The Shallows”, escrito pelo americano Nicholas Carr em 2010. Quando eu gravei esse comentário, o livro não havia sido publicado ainda no Brasil. O título, “The Shallows”, quer dizer “Os superficiais”. Subtítulo: “O que a Internet está fazendo com nossos cérebros”. São cerca de 250 páginas bem elaboradas, com muitas entrevistas e informações de pessoas relevantes nos meios científico, médico, acadêmico, nas artes, na teoria da comunicação. A tese central: mais do que uma revolução a partir do conteúdo disponibilizado, a internet está revolucionando a forma de organizar nosso pensamento. Essa seria a principal característica do mundo on-line, com consequências profundas na maneira de pensarmos e nos relacionarmos.
O livro bate na tecla que os neurocientistas já conhecem bem: a neuroplasticidade, ou seja, nossos neurônios se reorganizam a partir de estímulos externos. …

NEUROPLASTICIDADE E ENVELHECIMENTO

Imagem
A neuroplasticidade é uma mudança adaptativa na função e estrutura do sistema nervoso em resposta à ação dos ambientes interno e externo, ou como resultado de lesões que afetam o ambiente neural. Como o envelhecimento parece induzir várias mudanças no cérebro ao longo do tempo, isso nos leva a pensar que o processo de envelhecimento pode ser considerado um modelo de plasticidade que pode gerar mudanças positivas ou negativas. O cérebro envelhece por uma crescente dificuldade em sintetizar substâncias essenciais à função neuronal e pela síntese de substâncias anômalas que se depositam no tecido. Como consequência, o indivíduo pode apresentar sintomas cada vez mais acentuados de deficiências sensoriais (alterações visuais, no tato, na pressão e vibração); motoras e cognitivas (alterações de aprendizado e memória). A capacidade motora muda no idoso - a postura de um idoso é menos ereta, o andar é lentificado e os passos mais curtos. Os reflexos posturais também diminuem tornando o indiví…