Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2018

AS VOVÓS NÃO SÃO MAIS AS MESMAS E ISSO É MUITO BOM

As vovós não são mais as mesmas e isso é muito bom
Cada vez mais distantes do imaginário comum, as vovós e vovôs de hoje têm muitos desejos a serem satisfeitos antes de se dedicarem aos outros. O ranking de hobbies é um indicativo importante para direcionar esforços e investimentos de marcas, produtos e serviços. Na hora de escolher entre deixar os netos com a vovó ou o vovô, prefira o segundo. É o que recomenda um recente estudo da SeniorLab Mercado e Consumo 60+ baseado nos dados da pesquisa com 18.604 homens e mulheres 60+ de todo o Brasil realizada pela MaturiJobs e Noz Pesquisas. Ao serem questionados quais são os hobbies prediletos, as preferências de homens e mulheres se mostraram bem distintas na maioria dos das opções sendo a mesma apenas em quatro. O que mais chamou a atenção foram as posições que ficaram as opções “Cuidar dos Netos” que nos homens ficou na 15ª posição com 14% da preferência e nas mulheres, pasmem, na 18ª posição com 12% de preferência. O hobby preferido dos ho…

EM ESTADO TERMINAL,MULHER DE 92 ANOS CONTRARIA DIAGNÓSTICO DOS MÉDICOS E CONSEGUE CONHECER A TATARANETA

Magnólia Jean nasceu no dia 31 de janeiro, com 2,2 kg (Foto: Kayla Tracy/Reprodução People)
Em estado terminal, mulher de 92 anos contraria diagnóstico dos médicos e consegue conhecer a tataraneta
A americana Jean Roper sofre de insuficiência renal. Desde que a menina nasceu, seu quadro de saúde tem evoluídoDesde que perdeu seu filho mais velho, há quatro anos, Jean Roper vinha lutando contra a depressão. Se não bastasse o abalo psicológico, a americana de 92 anos também vivia com insuficiência renal e baixos níveis de oxigenação do sangue. Os médicos não demoraram para cravar um diagnóstico: em janeiro deste ano, disseram que Jean só teria mais duas ou três semanas de vida.  Até que o quadro mudou. Jean Roper mora no Alabama e tem três filhos, sete netos, 11 bisnetos e 11 tataranetos, sendo que quase todos são meninos. Quando ela recebeu a notícia de que sua bisneta Amber Harris daria à luz a uma menina, sua condição começou a melhorar. A alegria foi maior ainda quando a senhora descobr…

LONGEVIDADE E DIGNIDADE AO MORRER

Longevidade e dignidade ao morrerAinda que estejamos vivendo mais, estamos longe de afirmar que estamos vivendo melhor e mais longe ainda de uma dignidade ao morrer. O Brasil tem hoje uma população de aproximadamente 30 milhões de idosos, sendo que pelas estimativas do IBGE este número duplicará até o ano de 2060, quando seremos mais de 60 milhões de pessoas com 60 anos ou mais. Como grandes fatores dessa longevidade temos os avanços em medicina e em ciências da saúde, conquistados todos os dias, por pesquisadores de todo o mundo, nas áreas que tem como objetivo final garantir uma vida mais longa. Todavia, ainda que estejamos vivendo mais, estamos longe de afirmar que estamos vivendo melhor, a depender do ponto de vista que se aborde, senão, vejamos. A grande maioria das pessoas tem conhecimentos de casos nos quais conhecidos, familiares, amigos ou amigos de amigos, estão ou ficaram anos em leitos de hospitais, de instituições em saúde e de cuidados, vitimados por males e/ou por sequelas …

EFEITO PLATÔ EXPLICA A DIFICULDADE DE ELIMINAR OS 'QUILINHOS' INDESEJÁVEIS

Efeito platô explica a dificuldade de eliminar os 'quilinhos' a mais (Foto: Agência Getty Images)Efeito platô explica a dificuldade de eliminar os 'quilinhos' indesejáveis
A melhor forma de evitar é modificar a quantidade e qualidade da dieta
Na guerra para a perda de peso, chega um determinado momento que chegar ao peso desejado fica cada vez mais difícil e isso ocorre devido ao efeito platô. Por mais que siga ao programa alimentar fica mais difícil eliminar os “quilinhos” indesejáveis. Acredita-se que seja uma defesa do organismo para sobrevivência, uma redução do metabolismo. Na nossa evolução houve mais escassez do que oferta de alimentos, portanto o nosso corpo se adaptou a estocar os alimentos para os momentos de falta. Entretanto, atualmente há uma grande oferta de alimentos, no Brasil nunca houve tanta variedade e acesso aos alimentos e ao mesmo tempo a população de um modo geral reduziu seu gasto calórico em atividades básicas do dia a dia (melhora nos transporte…

A POLÊMICA DA DIETA DO FAST FOOD: ESPECIALISTA ALERTA PARA OS RISCOS

Dieta com fast food é polêmica: ela continha cerca de 2 mil calorias (Foto: Agência Getty Images)A polêmica da dieta do fast food: especialista alerta para os riscos
Com 'cardápio equilibrado' e 45 minutos de caminhada por dia, professor perde 17kg comendo sanduíche, batata frita e sorvete. Nutricionista opina
Um nova polêmica sobre dietas foi levantada depois que um professor americano perdeu 17kg em três meses. Com a colaboração de três alunos e profissionais de saúde elaboraram um programa alimentar à base da comida vendida em famosa rede de fast food. A dieta continha cerca de 2 mil calorias, apenas com o consumo de alimentos vendidos pela rede. O cardápio era equilibrado nutricionalmente mesmo comendo sandúiche com dois hambúrgueres, alface, queijo e molho, mais batata frita e sorvete. O professor praticou diariamente 45 minutos de caminhada. Segundo ele: “ Basta adotar uma dieta equilibrada aliada a exercícios diários, mesmo comendo fastfood todos os dias. São as nossas esc…

LANCHAR ENTRE AS REFEIÇÕES AJUDA NO CONTROLE DA FOME E NO EMAGRECIMENTO

Sanduíche no pão integral é uma boa opção de lanche saudável (Foto: Getty Images)Lanchar entre as refeições ajuda no controle da fome e no emagrecimentoAlimentação intermediária possibilita manter hábitos mais saudáveis, melhorar perfil do colesterol, da insulina e glicemia e estimular ganho de massa muscular; veja dicas
Fazer refeições intermediárias com os lanchinhos pode ajudar a manter a variedade na ingestão de grupos alimentares e hábitos alimentares mais saudáveis; melhorar o perfil do colesterol sanguíneo, da insulina e da glicemia; auxilia no ganho de massa muscular, controle da fome e saciedade, permitindo ser mais seletivo na qualidade e tamanho da porção dos alimentos.

Entretanto, não é qualquer alimento que promove tais benefícios. Refeições que contenham apenas carboidratos podem ter efeito contrário estimulando picos insulínicos, aumento da fome e não contribuindo para o aumento da massa muscular.

O estímulo insulínico depende da qualidade (combinação dos alimentos) e da q…

LACTOSE,GLÚTEN,AMENDOIM: POR QUE ESTAMOS FICANDO MAIS ALÉRGICOS?

Lactose, glúten, amendoim: por que estamos ficando mais alérgicos?Predisposição genética, estresse, alto consumo de alimentos processados, industrializados e geneticamente modificados estão entre os culpados.
Porque estamos ficando alérgicos(Foto:GettyImages) Pouco se ouvia falar de intolerância e alergia alimentar no passado, mas hoje essas duas palavras estão em toda parte, dando sinais de que essas reações se tornaram uma epidemia. Alimentos até pouco tempo considerados saudáveis se tornaram vilões e são proibidos no cardápio de adultos que muito se fartaram deles no passado. Uma mudança crescente que levanta várias questões: por que estamos cada vez menos tolerantes a alguns alimentos? Por que estamos desenvolvendo cada vez mais alergias? Como podemos nos tornar alérgicos a um alimento que consumíamos sem problemas no passado? Quem mudou, os alimentos ou nosso organismo? Assim como as perguntas, as respostas são muitas.  - Nas últimas décadas as alergias e intolerâncias alimentares t…