Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2016

PERDA MUSCULAR NA TERCEIRA IDADE: ALIMENTAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA PODEM FAZER MUITA DIFERENÇA

Imagem
PERDA MUSCULAR NA TERCEIRA IDADE: ALIMENTAÇÃO E ATIVIDADE FÍSICA PODEM FAZER MUITA DIFERENÇASão completamente desaconselhados o excesso de vitaminas, o emprego de hormônios masculinos e o uso de GH, nesta etapa da vida

A obesidade continua sendo o maior problema nutricional das sociedades desenvolvidas, mas, após a sexta década de vida, o peso geralmente se estabiliza e o que vemos é uma tendência inversa. “As pessoas começam a perder peso e uma estrutura vital que embeleza, sustenta e ajuda no equilíbrio do corpo humano: massa muscular. Com isso, além da perda de peso ocorre também a redução progressiva da força muscular”, afirma a endocrinologista Ellen Simone Paiva, diretora do Citen, Centro Integrado de Terapia Nutricional. 
A massa magra é um dos componentes mais nobres do nosso corpo. É composta pelo tecido ósseo, água corporal e proteína muscular. Todos esses elementos vão sendo reduzidos com o avançar da idade e sofrem uma queda percentual muito maior, quando uma pessoa acima de…

ALIMENTAÇÃO ADEQUADA EM PROTEÍNAS É FUNDAMENTAL PARA EVITAR A PERDA MUSCULAR.

Imagem
ALIMENTAÇÃO ADEQUADA EM PROTEÍNAS É FUNDAMENTAL PARA EVITAR A PERDA MUSCULAR.Postado por ALIMENTO, NUTRIENTE E ANTIOXIDANTEquarta-feira, 29 de junho de 2016 
Ter e manter um bom índice de massa magra não é apenas questão de estética, a perda muscular surte efeitos negativos que vão muito além da aparência: músculos influenciam sob a capacidade movimentação, de resistência à esforços e nas funções metabólicas do organismo. A degradação acentuada desses tecidos pode prejudicar a execução de tarefas cotidianas devido a redução da força, além de deixar o corpo mais vulnerável à lesões e fraturas. Dentre os diversos fatores que podem influenciar na capacidade do organismo em manter essas estruturas, o envelhecimento é uma das questões mais relevantes: com o passar dos anos, desenvolver e manter tecido muscular se torna cada vez mais difícil. Essencial na prevenção e no enfrentamento dessa deterioração, uma alimentação saudável rica em proteínas é capaz de fornecer ao organismo nutrientes es…

IMPORTÂNCIA DA VITAMINA D NA TERCEIRA IDADE

Imagem
MAIS DE METADE DOS IDOSOS TÊM DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D.Postado por ALIMENTO, NUTRIENTE E ANTIOXIDANTE Mais de 50% dos idosos brasileiros têm falta de vitamina D, concluiu uma pesquisa do Delboni Medicina Diagnóstica divulgada nesta segunda-feira (17). A análise usou como amostra os 2.735 exames feitos entre os dias 20 de junho e dez de setembro de 2012, com pacientes acima de 60 anos. A pesquisa detectou que 53,6% das mulheres e 53,4% dos homens têm necessidade de reposição desta vitamina. De acordo com a responsável pela pesquisa, a endocrinologista Myrna Campagnoli, os valores de referência usados em exames de vitamina D são: -deficiência para menos de 20 ng/mL -insuficiência para 20 a 30 ng/mL -normal ou suficiência para 30 a 100 ng/mL -hipervitaminose (excesso) para acima de 100 ng/mL Entre as pacientes, 24% apresentou deficiência, 30,3% insuficiência, 44,8% suficiência e 0,6% hipervitaminose. Já no público masculino, 21,4% apresentou deficiência, 32% insuficiência, 46,3% suficiência e …